Alagamentos

Saiba quais os pontos de alagamentos no Grande Recife nesta sexta

Pedestres e motoristas sentem dificuldades com os alagamentos na manhã desta sexta-feira (19)

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Publicado em 19/01/2018 às 8:23
Foto: Mariana Dantas/NE10
FOTO: Foto: Mariana Dantas/NE10
Leitura:

Na manhã desta sexta-feira (19), ruas e avenidas da Região Metropolitana do Recife (RMR) estão com pontos alagamentos em decorrência das chuvas que caíram nesta madrugada. No Recife, os alagamentos podem ser encontrados na Avenida Dr. José Rufino, na Zona Oeste, em ruas do bairro do Espinheiro, na Zona Norte, e em vias de Boa Viagem e Imbiribeira, na Zona Sul. Em Olinda, os Bultrins têm as vias com maior ponto crítico.

A Avenida Dr. José Rufino, no bairro da Estância, é um dos pontos mais críticos em épocas de chuvas no Recife. Nesta manhã, motoristas e pedestres sentem dificuldades em trafegar pela via, nas proximidades do Colégio Visão. Na Zona Sul do Recife, a faixa exclusiva de ônibus na Avenida Mascarenhas de Morais está alagada, causando retenções para quem segue em ambos os sentidos, no bairro da Imbiribeira.

Também na Zona Sul, a Rua Professor Augusto Lins e Silva, em Setúbal, no bairro de Boa Viagem, está com o alagamento durante todo o seu percurso. Pedestres não conseguem passar pela via e carros trafegam com dificuldades.

Na Zona Norte, o bairro do Espinheiro é o que se encontra com os maiores trechos alagados. Na Rua do Espinheiro, ônibus e veículos pequenos passam com dificuldades.

Olinda

Em Olinda, os motoristas estão com dificuldade para trafegar no cruzamento entre as Avenidas Carlos de Lima Cavalcanti e Chico Science, nos Bultrins. A Estrada do Bonsucesso também tem pontos alagados. 

Jaboatão

Em Jaboatão dos Guararapes, os alagamentos são encontrados na Estrada da Batalha, em Prazeres, depois do viaduto. Segundo seguidores do JC Trânsito, o tráfego está engarrafado em ambos os sentidos da via.

 

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Crianças correndo no cruzamento entre as Avenidas Beira Rio e Pedro Álvares Cabral, no Fragoso - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Mariana Dantas/NE10
O bairro do Espinheiro é o bairro da Zona Norte com os maiores pontos de alagamentos - Foto: Mariana Dantas/NE10
Foto: Mariana Dantas/NE10
Rua do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, alagada - Foto: Mariana Dantas/NE10
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal
A Avenida Dr. José Rufino ficou alagada na Estância, perto do Colégio Visão - Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Pedestres com dificuldades na Estrada do Bonsucesso, em Olinda - Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Foto: Mariana Dantas/NE10
- Foto: Mariana Dantas/NE10
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Avenida Carlos de Lima Cavalcanti com alagamentos - Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Foto: TV Jornal
Rua Imperial alagada, na área central da cidade - Foto: TV Jornal
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
A Estrada do Bonsucesso com alagamentos no início da manhã - Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Avenida Beira Rio com o trânsito complicado por causa dos alagamentos, ao lado do Canal do Fragoso - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Alagamentos no cruzamento entre as Avenidas Carlos de Lima Cavalcanti e Chico Science, nos Bultrins - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Alagamento ao lado do canal dos Bultrins, em Olinda - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Alagamentos no cruzamento entre as Avenidas Carlos de Lima Cavalcanti e Chico Science, nos Bultrins - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Avenida Beira Rio com o trânsito complicado por causa dos alagamentos, ao lado do Canal do Fragoso - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Avenida Beira Rio com o trânsito complicado por causa dos alagamentos, ao lado do Canal do Fragoso - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Alagamentos nos Bultrins - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Olinda com vários pontos de alagamentos - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Pedestres sofrem com os pontos alagados - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Lugares onde mais choveu na RMR

Na quinta-feira (18), a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta para fortes chuvas para o Grande Recife e Zona da Mata do Estado até o próximo sábado (20). Na manhã desta sexta-feira (19), a instituição divulgou balanço da precipitação na região nas últimas 24h.

Na Região Metropolitana do Recife, a cidade de Goiana registrou 40,8mm de chuva ao longo das 24h monitoradas. O centro da cidade de Moreno ficou em segundo lugar, onde choveu 22,1mm. Jaboatão dos Guararapes registrou 18,5mm de precipitação. No Recife, o bairro de Dois Unidos, na Zona Norte da cidade, foi a mais atingida pelas águas, registrando 11,8mm.

Previsão

A Região Metropolitana do Recife deve ter tempo nublado com possibilidade de chuva de intensidade entre fraca e moderada nesta sexta-feira (19). A temperatura deve variar entre 22°C e 31°C, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

No Agreste de Pernambuco, o tempo fica parcialmente nublado com pancadas de chuva no período da noite. A previsão é que a temperatura mínima seja de 19°C e a máxima de 33°C.

Para o Sertão, os técnicos da Apac preveem tempo nublado com pancadas de chuva. Os termômetros variam entre 20°C e 35°C.

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias