Inspeção

Detran dá início à segunda vistoria obrigatória do transporte escolar

A inspeção acontece das 14h às 16h, na Unidade de Táxis e Coletivos (DUAT)

JC Online
JC Online
Publicado em 03/07/2018 às 13:38
Foto: Guga Matos/JC Imagem
A inspeção acontece das 14h às 16h, na Unidade de Táxis e Coletivos (DUAT) - FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Tem início nesta terça-feira (3), e segue até o fim do mês de julho, a segunda vistoria do transporte escolar 2018, realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). Entre a terça (3) e a próxima sexta-feira (6), serão contemplados os veículos com placas terminadas em 1 e 2. Em seguida, vêm os carros com placas finalizadas em 3 e 4 e assim por diante. A inspeção acontece das 14h às 16h, na Unidade de Táxis e Coletivos (DUAT), que fica no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife.

Segundo o Detran, Pernambuco conta com uma frota de 1.317 veículos que fazem transporte escolar. Os condutores do interior devem se dirigir a uma das 24 Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) Especiais, de segunda a sexta, das 8h às 13h. Na Região Metropolitana do Recife (RMR), o calendário será a partir da terminação da placa. As finalizadas em 3 e 4 serão contempladas no período de 9 a 13 de julho; já as terminadas com os números 5, 6 e 7 poderão fazer a vistoria de 16 a 20 deste mês. Os veículos com placas que têm os números 8, 9 e 0 no final devem passar pela inspeção de 23 a 31 de julho. Não é preciso agendar as vistorias.

Multa

Os condutores de transporte escolar que não realizarem as vistorias obrigatórias estarão cometendo infração grave, com multa de R$ 195,23, retenção do veículo até a regularização e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para fazer as inspeções, o Detran cobra uma taxa anual, no valor de R$ 140,81. Estão inclusas nessa taxa as duas inspeções semestrais obrigatórias.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias