Campanha

Rodoviários aceitam proposta patronal e descartam greve

A proposta é de reajuste de 4% no salário e aumento do vale alimentação para R$ 250,00

JC Online
JC Online
Publicado em 17/07/2018 às 11:48
Foto: Divulgação/Sindicato dos Rodoviários
A proposta é de reajuste de 4% no salário e aumento do vale alimentação para R$ 250,00 - FOTO: Foto: Divulgação/Sindicato dos Rodoviários
Leitura:

Em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (17), os rodoviários aceitaram a proposta da classe patronal de 4% de reajuste salarial e aumento do vale alimentação para R$ 250,00. A assembleia aconteceu na sede do Sindicato dos Rodoviários do Recife e Região Metropolitana, no bairro de Santo Amaro, na área Central do Recife. Com a aprovação da proposta, a categoria descarta a possibilidade de greve este ano.

"Após apresentarmos a contraproposta da patronal a categoria, por unanimidade, acatou o reajuste dos 4% no salário e de 8,69% no tíquete. Portanto, está descartado qualquer movimento paredista dos rodoviários", relata Genildo Pereira. Além do reajuste, o Sindicato também pleiteava, junto à classe patronal, a redução ou ampliação remunerada do intervalo intra jornada. Neste ponto, os rodoviários votaram pela não obrigação da intra jornada. Pontos como a manutenção dos postos de trabalho dos cobradores e a não terceirização dos rodoviários já haviam sido garantidos pelos patrões.

Oposição ao sindicato

Na semana passada, motoristas e cobradores vinculados à oposição ao Sindicato dos Rodoviários realizaram uma manifestação no Centro do Recife. Os rodoviários pediam reajuste de salários. "A decisão de aprovar a pauta traz um retrocesso parcial aos trabalhadores. Em relação às cláusulas econômicas, nós achamos que poderia ter avançado mais. Não é o ideal para os trabalhadores", relatou Aldo Lima, da oposição ao Sindicato, sobre a decisão desta terça-feira (17).

Confira nota do Sindicato dos Rodoviários sobre a assembleia:

ASSEMBLEIA DOS RODOVIÁRIOS APROVA REAJUSTE SALARIAL

A classe rodoviária, reunida em assembleia geral nesta terça-feira (17/07), aprovou por unanimidade a proposta de reajuste salarial de 4% e o vale-alimentação de R$250,00. Os valores são frutos de intenso trabalho do Sindicato dos Rodoviários em três rodadas de negociação com os patrões. Também foram aprovados a não terceirização no setor, a manutenção dos postos de trabalho dos cobradores e o intervalo intra jornada de 30 minutos até 4 horas, sendo as duas últimas horas remuneradas, a partir da vontade do rodoviário em fazer as horas. Com consenso e responsabilidade, rodoviários mostraram união e responsabilidade em assembleia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias