garagens

Após incêndios, veja como está a circulação de ônibus no Grande Recife

Nesta segunda-feira, dois veículos foram incendiados. No fim da noite, parte da frota de algumas empresas foi recolhida

JC Online
JC Online
Publicado em 26/11/2019 às 6:13
Notícia
Foto: Artur Borba/JC Imagem
FOTO: Foto: Artur Borba/JC Imagem
Leitura:

Após dois ônibus serem incendiados nessa segunda-feira (25) em Olinda e em Paulista, cidades da Região Metropolitana do Recife, parte da frota de algumas empresas foi recolhida e passageiros chegaram a ficar sem transporte para voltar para casa no fim da noite. Nesta terça-feira (26), a segurança foi reforçada em alguns terminais integrados para evitar qualquer eventualidade.

No terminal Xambá, em Olinda, viaturas do Batalhão de Choque da Polícia Militar fazem a segurança. Até o momento não houve registro de atrasos nos ônibus no TI. De acordo com a reportagem da TV Jornal, no TI Camaragibe, cidade do Grande Recife, houve um atraso na saída dos ônibus, que ao invés de começarem a rodar às 4h, só foram colocados nas ruas às 5h30. Na Zona Sul do Recife os ônibus também circulam normalmente. No terminal da Macaxeira, Zona Norte da capital, foram registrados pequenos atrasos.

Foto: Artur Borba/JC Imagem
Por volta das 21h50 desta segunda-feira (25), o fogo já havia sido controlado - Foto: Artur Borba/JC Imagem
Foto: Artur Borba/JC Imagem
O fogo destruiu o ônibus - Foto: Artur Borba/JC Imagem
Foto: Artur Borba/JC Imagem
Uma viatura do Corpo de Bombeiros foi enviada ao local - Foto: Artur Borba/JC Imagem
Foto: Artur Borba/JC Imagem
Os bombeiros foram acionados às 20h47 desta segunda-feira (25) - Foto: Artur Borba/JC Imagem

No terminal da PE-15, os passageiros enfrentam longas filas e relatam que os coletivos estão demorando para chegar. Confira a íntegra da nota enviada pelo Grande Recife Consórcio de Transporte sobre o caso:

O Grande Recife informa que na noite dessa segunda-feira (25), por volta das 20h30, homens provocaram um incêndio em um ônibus da empresa Conorte, em Olinda. O fato gerou insegurança entre os operadores e as empresas Conorte e Mobi começaram a recolher os veículos, gradualmente, o que comprometeu a circulação das linhas bacurau durante a madrugada e, consequentemente, o início da operação nesta terça-feira (26) nas regiões oeste (Camaragibe) e norte (Olinda, Paulista, Igarassu e Itamaracá) da RMR. Os ônibus começaram a circular às 5h da manhã nos terminais integrados desses municípios e a operação já foi normalizada.

Entenda o caso

Em um mesmo dia, dois ônibus da Itamaracá foram alvo de incêndios, nas cidades de Paulista e Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Por causa da insegurança, o Consórcio Conorte, que engloba também as empresas Cidade Alta e Rodotur, decidiu, na noite dessa segunda-feira (25), recolher a frota que estava nas ruas. À TV Jornal, passageiros relataram que os incêndios foram criminosos.

O primeiro caso, na madrugada dessa segunda-feira (25), ocorreu na PE-22, Paulista. Dois homens utilizaram bombas de fabricação caseira para atear fogo ao ônibus que fazia a linha 1958-Costa Azul/TI Pelópidas, por volta da meia-noite.

O coletivo seguia em direção ao Terminal Integrado (T.I.) Pelópidas Silveira. De acordo com testemunhas que estavam dentro do ônibus, dois homens mandaram os passageiros descerem e iniciaram o incêndio em seguida. As chamas e o barulho das explosões assustaram os moradores da área. Segundo a polícia, os suspeitos do crime teriam utilizado coquetel molotov.  O Corpo de Bombeiros utilizou cerca de cinco mil litros de água e espuma para conter as chamas. O trabalho durou aproximadamente uma hora e meia.

Na segunda ocorrência, na PE-15, em Olinda, o ônibus atingido levava mais ou menos 20 pessoas, incluindo motorista, cobrador e passageiro e fazia a linha 1967-TI Igarassu (Dantas Barreto). De acordo com informações da TV Jornal, pouco depois da Estação de BRT Tabajara, na Cidade Tabajara, um homem armado subiu no veículo e ordenou que as portas fossem abertas e todos saíssem. Em seguida, aproximadamente quatro homens atearam fogo no coletivo. Ninguém ficou ferido, mas, na correria, alguns passageiros acabaram perdendo objetos. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 20h50 e finalizou a ocorrências por volta das 21h40. O condutor e o cobrador prestaram depoimento na delegacia de Paulista.

Últimas notícias