Protesto

Pelo terceiro dia consecutivo, manifestantes bloqueiam trânsito na Agamenon Magalhães

Técnicos e auxiliares de enfermagem reivindicam falta de reajuste salarial e melhores condições de trabalho

Debora Bruna Oliveira
Debora Bruna Oliveira
Publicado em 05/02/2020 às 17:49
Notícia
Foto: Divulgação
Técnicos e auxiliares de enfermagem reivindicam falta de reajuste salarial e melhores condições de trabalho - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Pelo terceiro dia consecutivo nesta semana, técnicos e auxiliares de enfermagem de Pernambuco realizam protesto e bloqueiam o trânsito na volta para casa na Avenida Governador Agamenon Magalhães, no bairro do Derby, na área Central do Recife, nesta quarta-feira (5). A manifestação interditou a via no sentido Boa Viagem. O grupo pede aumento de salário da categoria e melhores condições de trabalho.

De acordo com o presidente do Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Satenpe), Francis Hebert, o Governo do Estado está intransigente, portanto, a categoria, que está em greve por tempo indeterminado, continuará com a série de manifestações até a próxima sexta-feira (7). 

Agentes de trânsito da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) estiveram no local para orientar os condutores, que trafegavam pela via, a desviar pela Rua Joaquim Nabuco.

Além da manifestação em frente ao Hospital da Restauração, os profissionais de saúde também protestaram em frente ao Hospital Dom Moura, em Garanhuns, no Agreste pernambucano; Hospital Regional do Agreste Doutor. Waldemiro Ferreira e Hospital Regional Jesus Nazareno, ambos em Caruaru, também no Agreste. Nesses protestos, o trânsito não foi afetado.

Outros protestos

A série de protestos realizados pela Satenpe na Avenida Agamenon Magalhães teve início na quinta-feira (30) pela manhã e no final da tardeNa sexta-feira (31), a manifestação começou por volta das 17h. De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte (CTTU), agentes de trânsito estiveram no local para ajudar na mobilidade. Na segunda-feira (3), os manifestantes bloquearam a via às 17h. Na terça-feira (4), os profissionais voltaram a bloquear o trânsito no local a partir das 17h.

Secretaria de Saúde

Na terça-feira (4), a Secretaria de saúde de Pernambuco (SES-PE) informou que no dia 30 de janeiro recebeu a categoria para ouvir as reivindicações e debater soluções. Em nota, ela também reforçou que está aberta ao diálogo. Confira o texto na íntegra:

"A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que todas as unidades de saúde estão em pleno funcionando, realizando todos os atendimentos de urgência e emergência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), assim como a realização de consultas ambulatoriais e procedimentos cirúrgicos. Na última quinta-feira (30.01), a SES e a Secretaria de Administração (SAD) receberam representantes da categoria para ouvir suas reivindicações e debater soluções. As Secretarias reforçam que estão abertas ao diálogo.

A SES-PE ressalta, ainda, que trabalha para manter os hospitais abastecidos de medicamentos e dos insumos necessários para o atendimento à população e atuado para resolver as faltas pontuais. As equipes de manutenção das unidades também atuam rotineiramente para resolver os problemas nas estruturas físicas. O Governo do Estado nomeou, desde 2015, quase oito mil profissionais concursados de diversos níveis e categorias, sendo que o último chamamento aconteceu no início do ano, com 389 novos servidores.

A Secretaria de Administração do Estado (SAD) informa que, apesar do cenário macroeconômico nacional, no período de 2015 até o ano de 2019, o Governo do Estado realizou diversas ações priorizando as áreas de Educação, Saúde e Segurança. Em relação ao quadro de pessoal técnico-administrativo da Secretaria Estadual de Saúde - nesse período - foram nomeados quase oito mil novos servidores. Foram também realizadas 11 reuniões de mesas específicas de negociação, além de outras 30 reuniões de mesa geral com as respectivas entidades representativas de classe. Tais negociações ensejaram acordos com ganhos financeiros para a categoria, a exemplo do início do processo de avaliação de desempenho, que resultou em um aumento salarial de 5% no primeiro ano e de 2,5%, no mínimo, nos anos subsequentes, para os servidores bem avaliados. Outra reivindicação atendida foi a extensão da gratificação de desempenho nos períodos de gozo de férias e licença prêmio. Por último, a Secretaria de Administração enfatiza que o Governo do Estado está à disposição para o diálogo franco e permanente com as categorias do funcionalismo público estadual.

A Secretaria de Administração informa ainda que recebeu o SATENPE no dia 09/12/2019, oportunidade em que, após essa conversa, foi sugerida a realização de uma nova reunião para que a pauta de reivindicações apresentada fosse explanada em seus critérios técnicos."

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias