Carnaval

Motorista de aplicativo terá que pagar R$ 200 para trabalhar no Carnaval de Olinda 2020, diz associação

Somente veículos cadastrados poderão circular pela área de folia

Foto: Luis Pessoa/Acervo JC Imagem
Somente veículos cadastrados poderão circular pela área de folia - FOTO: Foto: Luis Pessoa/Acervo JC Imagem
Leitura:

A Associação dos Motoristas de Aplicativos de Pernambuco (Amape) informou que fechou parceria com a Prefeitura de Olinda, em que motoristas interessados em trafegar pela cidade, que fica na Região Metropolitana do Recife (RMR), nos cinco dias de Carnaval, terão que realizar um cadastro no site da Amape e fazer um pagamento de uma taxa no valor de R$ 200. Segundo a Associação, os condutores podem realizar o cadastro a partir desta terça-feira (11) e o pagamento, que será revertido para investimento no Carnaval, pode ser feito em até 12 vezes no cartão, boleto ou lotérica.

Poucas horas após a publicação desta matéria, diante da repercussão negativa, a Amape voltou atrás e disse que os motoristas não precisarão mais pagar a taxa de R$ 200.

>> Confira tudo sobre o desfile dos bonecos gigantes de Olinda no Carnaval 2020

>> Confira mudanças no itinerário de 17 linhas de ônibus no Centro do Recife para Carnaval 2020

A reportagem do Jornal do Commercio apurou que a parceria ainda precisa ser aprovada pelo setor jurídico da Prefeitura.

Ainda de acordo com a Amape, os motoristas irão receber adesivos que vão permitir acesso além das áreas de bloqueio. Os usuários dos aplicativos, por sua vez, poderão contar com dois lounges sendo um no Varadouro, nas imediações do Posto BR e outro na Praça do Jacaré, que terão acesso a rede wi-fi de internet, pontos de espera e tomadas para carregar celulares.

Em 2019, cerca de 30 mil veículos com aplicativo circularam no Sítio Histórico de Olinda durante o Carnaval, segundo a Amape, que também informa que  a medida implantada em 2020 vai servir para melhorar a fluidez do tráfego nos dias de folia. 

>> Veja a agenda dos blocos de Olinda no sábado do Carnaval 2020

>> Veja a agenda dos blocos de Olinda no domingo do Carnaval 2020

>> Confira a agenda dos blocos de Olinda na segunda do Carnaval 2020

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Olinda informou que recebeu o presidente da Amape, Thiago Silva, nesta segunda-feira (10) para discutir a participação dos motoristas de aplicativo no Carnaval de Olinda 2020, mas não confirmou se de fato será cobrado algum tipo de taxa.

Anos anteriores

Em anos anteriores a Prefeitura de Olinda firmou parceria com empresas de aplicativo de transporte, mas nunca cobrou taxa dos motoristas parceiros. Em 2018 e 2019, motoristas da Uber tiveram acesso total aos polos da folia. Para isto, os motoristas apenas tiveram que comprovar que estavam em uma corrida ou tendo que atender uma chamada. Fiscais da empresa e do município de Olinda estiveram presentes em dois pontos de bloqueio conferindo a entrada dos veículos. 

Últimas notícias