Manifestação

Rodoviários realizam protesto na área Central do Recife nesta sexta

Os rodoviários estão com os ônibus estacionados na faixa da direita da Avenida Agamenon Magalhães

Mayra Cavalcanti
Mayra Cavalcanti
Publicado em 21/02/2020 às 9:14
Notícia
Foto: Cinthya Leite/JC
Os rodoviários estão com os ônibus estacionados na faixa da direita da Avenida Agamenon Magalhães - FOTO: Foto: Cinthya Leite/JC
Leitura:

Motoristas e cobradores de ônibus realizaram, na manhã desta sexta-feira (21), um protesto na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro do Derby, na área Central do Recife. Os rodoviários estacionaram os ônibus na faixa da direita, nos dois sentidos. Uma equipe da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) foi ao local. Os manifestantes, segundo o Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, são contrários à dupla função, quando o motorista dirige e cobra a passagem, e à demissão dos cobradores. O ato foi finalizado por volta das 10h15.

Rodoviários descartam paralisação no Carnaval

Segundo Aldo Lima, presidente do Sindicato dos Rodoviários, a categoria não fará paralisação durante o Carnaval. Durante a manifestação desta sexta-feira (21), ficou agendada uma reunião com o Governo do Estado no dia 11 de março deste ano, para falar sobre as reivindicações dos motoristas e cobradores. 

"Somos contra a dupla função. Os motoristas não estão aguentando, tendo que trabalhar o Carnaval inteiro. As pessoas estão morrendo. Tivemos duas mortes esta semana que, se o cobrador estivesse ali, a fatalidade não teria acontecido. Estamos denunciando esta situação, porque nossos motoristas estão sendo penalizados. Queremos que o governo agende uma data para nos ouvir", afirma Aldo Lima. Sobre o caso, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) enviou uma nota. Confira a íntegra:

A Urbana-PE repudia a insistência do Sindicato dos Rodoviários em penalizar a população e economia local ao politizar um tema negociado e aprovado pelos próprios rodoviários na convenção coletiva da categoria. Urbana-PE reitera que não houve demissões de cobradores motivadas pelo alteração no procedimento de embarque, conforme já comprovado ao Governo do Estado. Ao contrário, os profissionais estão sendo capacitados e aproveitados em outras funções, isto é, a mudança repercutiu em promoções e ganhos reais para os operadores. Ameaçar a interrupção do transporte público durante o Carnaval é uma atitude irresponsável, que pode impactar na segurança dos cidadãos e turistas, além de trazer prejuízos para todos aqueles que trabalham e dependem do evento. A Urbana-PE e suas associadas reforçam que envidarão os esforços necessários para garantir o serviço hoje, no Carnaval e nos demais dias do ano.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias