saúde

Garoto de 9 anos internado no Ceará com suspeita de raiva humana

No Ceará já foram registrados dois casos de raiva humana em 2010

Aline Souza
Aline Souza
Publicado em 07/03/2012 às 9:21
Leitura:

Um garoto de 9 anos foi internardo com suspeita de raiva humana no hospital e Maternidade São Vicente de Paulo, no município de Barbalha, a 503 quilômetros de Fortaleza. O caso ainda é considerado como suspeita pois aguarda o resultado dos exames, já feitos, que confirmem o quadro clínico.

O garoto deu entrada no hospital com sintomas como febre, vômitos e inquietação. Os médicos suspeitaram que poderia ser meningite. O quadro de raiva humana só passou a ser considerado quando a família informou que o menino foi mordido por um sagui há cerca de 30 dias e que não passou por nenhum tratamento depois da mordida.

No momento, o hospital está tratando o garoto com um método aplicado em um caso similar acontecido no Hospital Oswaldo Cruz, no Recife (PE). Na época, o adolescente Marciano Menezes da Silva, 16 anos, foi a segunda pessoa no mundo e a primeira no Brasil a sobreviver à raiva humana.

No Ceará já foram registrados dois casos de raiva humana em 2010. Um garoto de 10 anos do município de Ipu e um adolescente de 26 anos no município de Chaval vieram a óbito por causa da doença.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias