Assédio

GPCA investiga suposto abuso sexual envolvendo professor e alunas

Suspeito já foi afastado da escola e prestará depoimento na próxima semana

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 01/11/2012 às 18:01
Leitura:

A Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA), está investigando o caso de quatro meninas de 12, 13 e 14 anos que teriam sido assediadas por um professor da escola em que estudam.

Um dos casos teria acontecido em Cruz de Rebouças, no município de Igarassu, Região Metropolitana do Recife. Lá, uma garota de 13 anos contou à mãe que estaria sendo assediada pelo professor de matemática.

Entre os relatos das estudantes que teriam recebido investidas do homem, um deles chama a atenção. Uma das garotas afirmou que o professou chegou a pedir a ela para tirar sua virgindade em troca de aprovação na disciplina.

O delegado Jorge Ferreira, que recebeu a denúncia, afirmou que foi a diretora da escola quem procurou a GPCA acompanhada dos pais das alunas para registrar o boletim de ocorrência.

O professor foi afastado da escola e vai prestar depoimento na próxima semana.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias