SDS

Polícia faz operação para prender traficantes em Petrolina

Cerca de 190 policiais participam da Operação Dédalo II. Por mês, quadrilha arrecadava aproximadamente R$ 180 mil com venda de drogas

Diogo Menezes
Diogo Menezes
Publicado em 12/05/2011 às 7:49
Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
FOTO: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
Leitura:

A Secretaria de Defesa Social está fazendo mais uma operação, na manhã desta quinta-feira (12), para combater o tráfico de drogas no Estado. Desta vez a açã acontece nas cidades de Petrolina e Belém do São Francisco, no Sertão de Pernambuco, e em Casa Nova, na Bahia.

Cerca de 190 policiais civis e militares participam da ação. A operação, denominada Dédalo II, visa prender três quadrilhas especializadas em venda de crack, cocaína e maconha. O bando vem sendo investigado desde fevereiro de 2011. A intenção é cumprir 13 mandados de prisão temporária e 12 de busca e apreensão domiciliar.

De acordo com a polícia, as quadrilhas são chefiadas por detentos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina. A pasta-base de cocaína vinha de São Paulo até Petrolina, onde era refinada e distribuída. Ainda segundo a polícia, as três quadrilhas movimentavam por mês cerca de R$ 180 mil. Ao longo das investigações foram apreendidos sete quilos de pasta base de cocaína, 230 gramas de crack, uma pistola calibre ponto 40, uma pistola calibre 9mm, um revólver 38, uma espingarda calibre 12, uma espingarda calibre 28, duas espingardas calibre 36 e um rifle calibre 22.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias