grande recife

Mulher é mantida refém pelo marido durante quase seis horas em Camaragibe

De acordo com as investigações, o segurança Adriano Ferreira da Silva, de 32 anos, apresenta problemas mentais e teve um surto porque deixou de tomar os remédios

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 19/01/2012 às 8:47
Leitura:

Uma mulher foi mantida refém pelo marido durante quase seis horas em Camaragibe, no Grande Recife, nesta quinta-feira (19). O caso começou por volta de 1h, quando o segurança Adriano Ferreira da Silva, de 32 anos, rendeu a esposa, Maria Bethânia de Azevedo, 34, com um faca. De acordo com policiais militares do 20º Batalhão que estiveram na ocorrência, o homem tem problemas mentais e teve um surto porque deixou de tomar os remédios. Ele apenas pedia a presença de familiares.

Por volta das 6h30, um primo dele chegou na residência da família, localizada na bairro Santana, onde o caso aconteceu, e Adriano libertou a mulher. O homem foi encaminhado ao Hospital Ulisses Pernambucano, conhecido como Hospital da Tamarineira, localizado no bairro de mesmo nome, na Zona Norte do Recife. Ele faz tratamento há 3 meses, quando foi demitido e começou a apresentar problemas mentais.

Maria Bethânia não ficou ferida, mas foi encaminhado à UPA de São Lourenço da Mata, porque estava em estado de choque.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias