violência

No Hipódromo, taxista é encontrado morto dentro de carro

Corpo de João Batista dos Santos, de 58 anos, está em frente ao número 34 da Padre Estélio Dalison

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 19/01/2012 às 10:29
Foto: Jorge Cavalcanti/Especial para o JC e reprodução do vídeo
Corpo de João Batista dos Santos, de 58 anos, está em frente ao número 34 da Padre Estélio Dalison - FOTO: Foto: Jorge Cavalcanti/Especial para o JC e reprodução do vídeo
Leitura:

Atualizada às 11h36

Na manhã desta quinta-feira (19), um taxista foi assassinado a tiros dentro do carro, no bairro do Hipódromo, Zona Norte do Recife. João Batista dos Santos, de 58 anos, levou três tiros no pescoço. A Força Tarefa Capital do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Por volta das 8h, na Praça do Rosarinho, localizada no bairro de mesmo nome, um passageiro entrou Siena de placa NXV-5462, de Recife, usado pela vítima e sentou no banco traseiro. Quando chegou em frente ao número 34 da Padre Estélio Dalison, o homem atirou no taxista e, em seguida, fugiu em outro carro. Dos três tiros, dois transfixaram o corpo da vítima e o vidro do carro e outro atingiu a parede de uma casa, onde o morador molhava as plantas na hora do crime.

De acordo com o delegado Felipe Regueira, que comanda as investigações, a polícia trabalha com duas hipóteses: latrocínio (isto é, assalto seguido de morte) ou execução. Ele disse que pedirá a imagem da câmera de segurança de uma residência localizada próximo ao local do homicídio e ouvirá garis da Prefeitura do Recife que passavam na hora.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias