Violência

Mulheres encontradas espancadas e amarradas na Macaxeira

Dupla foi socorrida por policiais militares que faziam rondas

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 25/11/2012 às 19:45
Leitura:

Duas mulheres foram encontradas amarradas e com sinais de violência, no bairro da Macaxeira, Zona Norte do Recife, próximo à Avenida do Canal. Mayara Barbosa Santos, 19 anos, e Galdênia de Souza Alves, 30 anos, foram encontradas amarradas com fios de telefone por policiais militares e levadas ao Hospital Agamenon Magalhães, no bairro do Parnamirim, por volta das 6h. Ainda pela manhã, as duas foram transferidas para o Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife.

A mãe de Mayara, a dona de casa Maria José Barbosa da Silva, 38 anos, informou que a filha é usuária de drogas desde os 15 anos. "Ela passava muitos dias sem aparecer em casa e, de vez em quando, vinha com essa amiga, Galdênia, e pedia para dormir lá. Ontem (sábado), ela me ligou, pediu a benção, conversamos bastante, parecia que estava se despedindo", disse. A família reside no bairro de Nova Descoberta, também na Zona Norte.

Para a dona de casa, o crime pode estar ligado ao uso de drogas. "As duas andavam sempre juntas. Quando elas apareciam, eu sempre dava conselhos para elas largarem isso", acrescentou. Maria José relatou, ainda, que viu a filha durante o dia na unidade de saúde, mas que ela estava inconsciente. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Hospital da Restauração para saber o estado de saúde das pacientes, mas as ligações não foram atendidas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias