tragédia familiar

Jovem que matou cunhado e sequestrou a namorada se apresenta à Polícia

Antes de se entregar, Gualberto esteve no escritório de um advogado, onde deu entrevista à imprensa

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 25/01/2013 às 15:11
Alexandre Gondim/JC Imagem
Antes de se entregar, Gualberto esteve no escritório de um advogado, onde deu entrevista à imprensa - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Depois de seis dias desaparecido, o jovem Diego Gualberto, 18 anos, se apresentou à Delegacia de Paulista, Grande Recife, na tarde desta sexta-feira, 25. No último sábado, 19, o rapaz assassinou o cunhado com dois tiros, enquanto a vítima dormia. Neste momento, o acusado está prestando depoimento. Antes de se entregar, Gualberto esteve no escritório de um advogado, onde deu entrevista à imprensa. Acompanhado pela namorada, Yslainne Santos, 16, ele disse que não premeditou o assassinato. Na noite anterior ao crime, Ysalinne teria confessado ao companheiro que sofria abuso sexual do irmão há dois anos. 

 

De acordo com a versão do acusado, no dia do crime, ele teria ido à casa do cunhado para pegar um documento. “Entrei no quarto dele enquanto ele dormia para procurar um documento meu. Abri o guarda-roupas e vi a arma. Estava muito nervoso, só lembrava que ele chegou a estuprar minha namorada na minha cama. Destruí minha vida e a da minha família”, disse. 

Depois do homicídio, Diego e Yslainne fugiram em uma moto. Apesar da adolescente afirmar que pretende ficar ao lado do namorado, a família dela acredita que a jovem está mantida sob ameaças. A delegada que comanda as investigações, Morgana Alves, informou que Diego vai ser ouvido durante a tarde e que Yslainne, menor de idade, receberá acompanhamento adequado.

 

Últimas notícias