investigação

PF encontra merenda fora da validade em duas escolas de São Lourenço da Mata

O flagrante aconteceu nos dias 16 e 17 de dezembro e faz parte da ''Operação Fastio''

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 19/12/2013 às 10:26
Foto: Divulgação/PF
O flagrante aconteceu nos dias 16 e 17 de dezembro e faz parte da ''Operação Fastio'' - FOTO: Foto: Divulgação/PF
Leitura:

A Polícia Federal encontrou alimentos fora da validade na merenda de duas escolas públicas de São Lourenço da Mata, no Grande Recife. A vistoria foi feita nas Escolas Cleto Campelo e Padre João Collingnon. As empresas que abastecem as escolas já serão penalizadas pela infração e os seus respectivos donos também serão punidos. O flagrante aconteceu nos dias 16 e 17 de dezembro e faz parte da "Operação Fastio", que investiga fraudes em licitações para fornecimento de alimentos. Os municípios de São Lourenço da Mata, Vitória de Santo Antão, Ipojuca e Salgadinho estão sendo fiscalizados pela PF nesta operação.

Na vistoria, foram encontrados fardos com pacotes de flocão de milho fora da validade e que estavam sendo servidos aos alunos das escolas. Os gestores informaram não ter ciência do fato, porque na embalagem dos produtos a validade estava correta. Todo o material foi retirado das dispensas a fim de que não fossem mais utilizados na merenda escolar. Não foi registrado nenhum caso de estudante que passou mal pela ingestão da comida irregular. Todos os alimentos com data expirada foram arrecadados, passarão por perícia técnica

As empresas "A.S comércio e Representações Ltda", "Alves e Souza Distribuidora de Alimentos" e "W. Gomes B. Souza", responsáveis pelo abastecimento das escolas já receberam sanção judicial. Elas estão proibidas pela Justiça Federal de contratar com qualquer órgão da União pelo prazo de um ano. Os empresários e sócios das empresas estão proibidos de abrir novas empresas ou emitir procurações para que terceiros os representem.

Através da Operação Fastio, os supeitos de envolvimento estão indiciados pela prática de fraudes a licitações, fornecimento de mercadorias com preços arbitrariamente elevados, falsidade ideológica e Formação de Quadrilha.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias