protesto

Moradores da Iputinga voltam a interditar BR-101

Após morte de jovem por atropelamento, população pede instalação de passarela na rodovia

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 07/02/2014 às 19:14
Leitura:

Pelo terceiro dia consecutivo, moradores da comunidade do Detran, na Iputinga, Zona Oeste do Recife, voltaram a interditar a BR-101 na tarde desta sexta-feira. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), aproximadamente 80 pessoas iniciaram protesto para reivindicar a instalação de uma passarela na rodovia, próximo à lombada eletrônica.

Os manifestantes atearam fogo em pneus e entulhos e fecharam a rodovia nos dois sentidos. A PRF e a Polícia Militar estão no local negociando o desbloqueio da via.

Na última terça-feira, a jovem Andreza Cristina da Costa, 21 anos, que estava grávida, morreu atropelada ao tenta atravessar a BR. Na quarta, cerca de 100 manifestantes tentaram bloquear a rodovia, próximo à comunidade do Detran, por duas vezes. Na confusão, um homem jogou uma pedra em uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e acabou sendo preso e encaminhado à sede da Polícia Federal para prestar depoimento.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias