zona da mata

Polícia apreende 500 caixas de cigarros em Lagoa do Carro

Os cigarros apreendidos não tinham comprovação de origem, nem controle sobre os ingredientes utilizados

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 28/08/2014 às 17:54
Leitura:

Cerca de 500 caixas de cigarros sem comprovação de origem foram apreendidas pela Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária (Deccot) em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz), em Lagoa do Carro, na Zona da Mata pernambucana. A Operação Deccot, realizada neste mês, deu continuidade à Operação Alcatrão, de outubro de 2013. Na ocasião, sete pessoas foram presas.

A polícia chegou ao local através de denúncias anônimas. Os cigarros não tinham controle sobre os ingredientes usados. O material era guardado em uma casa, que também não tinha documentação.

Segundo a polícia, os cigarros estavam avaliados em R$ 750 mil. Cerca de R$ 280 mil deixariam de ser recolhidos do ICMS. A Polícia Federal ficará responsável pela incineração dos cigarros.

Últimas notícias