Apreensão

Polícia apreende quase R$ 1 milhão em estabelecimento na Tamarineira

Dinheiro seria utilizado em negociação de tráfico de drogas

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/10/2014 às 11:42
Foto: Divulgação
Dinheiro seria utilizado em negociação de tráfico de drogas - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A Polícia Civil apreendeu uma grande quantidade de dinheiro em um estabelecimento comercial no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife, na última quarta-feira (8). José Silvan de Melo, conhecido como Abençoado, e Marcelon Luís da Silva foram encontrados com mais de R$ 940 mil que, segundo a polícia, seriam utilizados para tráfico de drogas. Os suspeitos não comprovaram a origem do dinheiro e entraram em contradição durante o depoimento.

A Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) recebeu informes de que uma grande negociação de drogas seria realizada no estabelecimento. A polícia montou um esquema no local para interceptar os suspeitos, e localizaram uma caminhonete Hilux com placa de Natal. No veículo estava Abençoado, que foi encontrado com R$ 810 mil. Algum tempo depois, Marcelon chegou ao local em outro carro, com mais R$ 130 mil.

Abençoado é natural de Pernambuco, mas morava em Goiás, e era investigado por envolvimento com tráfico de drogas no ano de 2009. O homem também já havia sido preso por formação de quadrilha. A polícia ainda encontrou na casa de Marcelon uma arma de fogo registrada em nome de um magistrado, que estava desaparecida.

José Silvan ainda tentou coagir a polícia, oferecendo R$ 200 mil para não ser preso. Os homens foram autuados por corrupção ativa, no caso de José Silvan, e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, no caso de Marcelon. A polícia vai instaurar inquérito para investigar a origem do dinheiro e a associação dos suspeitos com o tráfico.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias