Bezerros

Uma mulher e quatro adolescentes são abusadas sexualmente durante retiro

Dois homens armados teriam invadido o local e um dos suspeitos praticou o crime

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 19/02/2015 às 8:42
Leitura:

Atualizada às 10h03

Uma mulher e quatro adolescentes foram abusadas sexualmente no município de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, na madrugada desta terça-feira (17). De acordo com informações da Polícia Civil, elas estavam em um retiro espiritual promovido por uma comunidade da retiro da Comunidade Católica Ressurreição em uma chácara na zona rural do município, quando homens armados teriam invadido o local e praticado o crime.

De acordo com o delegado Antônio Dutra, responsável pela investigação, ao menos dois suspeitos participaram da ação. "Nós sabemos que um dos suspeitos praticou o crime e outro deu cobertura. No entanto, o inquérito ainda está no começo e não sabemos se o caso teve participação de outras pessoas", explicou o delegado.

Ainda segundo a polícia, vídeos e fotos feitos durante o retiro estão sendo recolhidas para ajudar na investigação. "A mulher e as quatro adolescentes foram encaminhadas ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, onde passaram por exames", continuou Dutra. Até o momento, ninguém foi preso. O delegado informou ainda que detalhes do caso não serão divulgados para evitar a exposição das vítimas e interferências no caso. O Conselho Tutelar acompanha as investigações.

Cerca 50 pessoas estariam participando do retiro e teriam pago uma taxa de R$ 50 pela participação.

DEZEMBRO – Um homem invadiu um hotel na BR-232 em Encruzilhada de São João, distrito de Bezerros, Agreste de Pernambuco, e violentou quatro funcionárias na noite do dia 15 de dezembro. O criminoso entrou no local através de buracos no muro e, além de estuprar as mulheres, levou uma quantia em dinheiro que estava no caixa. Câmeras do circuito interno de segurança flagraram a chegada do suspeito no estabelecimento e o acesso dele às áreas de acesso restrito aos funcionários. Até o momento, ele não foi preso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias