Polícia Federal

PF resgata adolescente que fugiu de Caruaru para se tornar MC

O jovem foi encontrado após mobilização de familiares através das redes sociais. À PF, o menor afirmou que tinha pretensão de seguir carreira de MC e tomou a decisão de seguir para outro estado

JC Online
JC Online
Publicado em 14/11/2016 às 10:53
Foto: Divulgação
O jovem foi encontrado após mobilização de familiares através das redes sociais. À PF, o menor afirmou que tinha pretensão de seguir carreira de MC e tomou a decisão de seguir para outro estado - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A Polícia Federal (PF) resgatou neste domingo (11) um estudante de 17 anos no Aeroporto Internacional do Recife / Guararapes - Gylberto Freire que fugiu de casa, em Caruaru, para se tornar MC em São Paulo. O menor saiu de casa na última sexta-feira (11), por volta das 8h e desde então não havia mais entrado em contato com a família. 

O jovem foi encontrado após mobilização de familiares através das redes sociais. À PF, o menor afirmou que tinha pretensão de seguir carreira de MC e tomou a decisão de seguir para outro estado após conhecer uma mulher na internet que lhe ofereceu uma proposta de emprego. A partir desse momento, o jovem passou a ser orientado pela suposta contrate, que o instruiu a ir até o aeroporto e aguardar uma pessoa que iria lhe entregar um valor em dinheiro para custear a sua passagem para a capital paulista.

O rapaz ainda informou ainda que só conseguiu chegar no Recife pedindo carona, mas a pessoa que lhe traria o dinheiro para passagem no aeroporto não apareceu e ele passou a dormir na rua e pedir dinheiro para se alimentar. O menor foi devolvido à família, que foi orientada a prestar um Boletim de Ocorrência na delegacia especializada de menores para investigar quem é a mulher e quais os reais objetivos da suspeita com o menor. 

A PF aconselha, tendo em vista a prevenção e repressão à exploração sexual de crianças e adolescentes e a pornografia infantil na internet, que os pais fiquem atentos a sinais que possam identificar possíveis sinais de ataques de pedófilos através do comportamento da criança.

Confira a lista divulgada para manter o acesso à internet dos seus filhos mais seguro: 

Vetar informação em demasia e o acesso de desconhecidos a fotografias e outros dados pessoais;
Evitar colocar fotos com pessoas (grupos de amigos), carros (a placa localiza o endereço), casa (mostra onde a pessoa mora) – nem informações pessoais – (telefones, endereços, CPF, etc);
Nunca incluir desconhecidos nos contatos;
Os pais devem atrair a confiança dos filhos através do diálogo sem qualquer tipo de repressão para que no primeiro sinal de perigo a criança possa sentir-se à vontade e procurar a sua ajuda;
A vida moderna exige que os pais tenham pelo menos conhecimento básico de internet;
Deixe o computador num local comum e visível da casa;
Se vetar alguma página explique as razões e os perigos da rede;
Os pais devem supervisionar os acessos dos filhos de uma forma discreta;
Há tempo para tudo. Não permita altas horas de exposição na internet.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias