POLÍCIA CIVIL

Dupla é presa com notas manchadas por dispositivos antifurto

Os dois homens foram presos em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, com R$ 24.500, na quarta-feira (16)

JC Online
JC Online
Publicado em 18/11/2016 às 11:28
Foto: Arlene Carvalho/JC
Os dois homens foram presos em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, com R$ 24.500, na quarta-feira (16) - FOTO: Foto: Arlene Carvalho/JC
Leitura:

A Polícia Civil apresentou, na manhã desta sexta-feira (18), os detalhes sobre a prisão de dois homens flagrados com R$ 24.500 em cédulas manchadas por dispositivos antifurto de caixas eletrônicos, na quarta-feira (16), em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do Estado.


A polícia chegou a Erinaldo Rodrigues de Menezes Junior e Sthannlley Cahua de Lima ao investigar grupos especializados em arrombamentos de agências bancárias e tomar conhecimento de que a venda/troca de notas manchadas aconteceria em frente a um estabelecimento comercial de Vitória.

Suspeitos confessaram origem ilícita das notas

Os dois homens confessaram a origem ilícita do dinheiro e disseram que as notas pertenciam a um presidiário. A dupla foi autuada por receptação qualificada, cuja pena varia entre três e oito anos.





O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias