SEGURANÇA

Joselito Kehrle e Vanildo Maranhão assumem comando das polícias de PE

Antônio Barros e o coronel Carlos D'Albuquerque foram exonerados dos cargos

JC Online
JC Online
Publicado em 17/02/2017 às 15:02
Foto: Reprodução
Antônio Barros e o coronel Carlos D'Albuquerque foram exonerados dos cargos - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Após o anúncio da exoneração do delegado especial Antônio Barros, do comando da Polícia Civil, e do comandante da Polícia Militar, coronel Carlos D'Albuquerque, o governo do Estado confirmou que Joselito Kehrle e Vanildo Maranhão assumirão respectivamente as duas corporações. A posse dos novos chefes da PC e da PM deve acontecer nesta segudna-feira (20), conforme informações preliminares do blog Ronda JC.


O afastamento dos dois comandantes do policiamento em Pernambuco acontece num momento crítico, apenas dois dias depois da divulgação do balanço da violência no Estado em janeiro. Os dados revelaram o que já era esperado pela população: índices recordes para o primeiro mês do ano.

Joselito Kehrle já foi gestor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) durante os anos em que o Pacto pela Vida apresentou maior redução de assassinatos. Junto com ele, assume como chefe adjunto da Polícia Civil o delegado Charles Gutiergues.

Vanildo Maranhão, agora no comando da PM, estava à frente da Diretoria Integrada Especializada, André Cavalcanti será o subcomandante.

Governo

Em nota, o governador Paulo Câmara agradeceu o trabalho desempenhado por Barros e D'Albuqueruqe. Para os novos gestores, o executivo estadual pediu empenho para que o Pacto Pela Vida obtenha resultados positivos. “Quero agradecer o apoio e a colaboração do coronel D’Albuquerque e do Delegado Antônio Barros durante o período em que estiveram à frente das corporações. Coronel Vanildo e o delegado Joselito têm a missão de trabalhar incansavelmente para que o Pacto Pela Vida obtenha os resultados positivos, garantindo a integração entre as polícias para a melhoria da Segurança Pública do Estado. Estamos tomando todas as medidas necessárias, inclusive com a maior valorização da história das instituições policiais de Pernambuco”, afirmou o governador Paulo Câmara.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias