Operação Conceptus

Polícia cumpre mandados contra suspeitos de assaltar bancos e carros-fortes

Estão sendo cumpridos 11 mandados de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão em três cidades do Sertão

JC Online
JC Online
Publicado em 05/05/2017 às 6:39
Foto: Reprodução/Google Street View
Estão sendo cumpridos 11 mandados de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão em três cidades do Sertão - FOTO: Foto: Reprodução/Google Street View
Leitura:

Suspeitos de assaltos a bancos e carros-fortes foram o alvo da Operação Conceptus, deflagrada nesta sexta-feira (5) pela Polícia Civil. Seis mandados foram cumpridos, 4 alvos permanecem foragidos e outro suspeito, que seria preso, já havia sido morto no ano passado. Ao todo, a polícia havia expedido 15 mandados de busca e apreensão nas cidades de Salgueiro, Cabrobó e Santa Maria da Boa Vista, no Sertão de Pernambuco.

A operação é decorrente de investigação conjunta realizada pelas Polícia Civil de Pernambuco e da Paraíba, com o apoio operacional da Polícia Militar de Pernambuco. Cento e vinte policiais civis e militares participam da ação. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia Seccional em Salgueiro.

De acordo com a polícia, todos os líderes da quadrilha foram presos. José Ari Dantas da Silva, 43, Osvino Cordeiro Cruz, 52, e Pedro de Alcantra de Sá Filho, 42. O investigado que foi morto em dezembro de 2016 é identificado como Reginaldo Antônio da Silva, conhecido como galego do PCC, em referência ao Primeiro Comando da Capital, grupo de extermínio de São Paulo.

De acordo com o chefe da Polícia Civil em Pernambuco, é esperado que os presos fecham um acordo de delação premiada para auxiliar nas investigações e facilitarem a prisão dos demais suspeitos envolvidos nos crimes. Pelo menos em Pernambuco, quatro assaltos contra carro-fortes e agências bancárias foram fruto da ação do grupo.

Ataques a bancos e carros-fortes

Nessa quinta-feira (4), uma agência do Bradesco localizada na Avenida Conde da Boa Vista, na área central do Recife, foi alvo de uma tentativa de assalto. Ao menos quatro criminosos participaram da ação contra o banco, por volta das 8h. O objetivo deles era roubar dinheiro do cofre. De acordo com informações iniciais da Polícia Militar, cerca de 10 funcionários foram feitos reféns, mas ninguém ficou ferido.

Em Tamandaré, no Litoral Sul, cerca de 20 bandidos que explodiram duas unidades bancárias, na quarta-feira (3), resolveram inovar na forma de conter a reação dos militares do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) e, principalmente, na hora da fuga. Para evitar confronto com a tropa especializada (antiga Ciosac), metralharam a casa onde sete policiais dormiam, e plantaram duas bombas falsas em frente ao imóvel. E na retirada, utilizaram nada menos que duas lanchas para fugir pelo Rio Araquindá em direção ao Recife. Até o início da noite de ontem, não havia pista dos criminosos ou das embarcações utilizadas na ação.

Um grupo explodiu um carro-forte, por volta das 9h desta quarta-feira (3), entre os municípios de São Caetano e Cachoeirinha, no Agreste de Pernambuco. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo seguia pela na BR 423, sentido Garanhuns, quando a investida aconteceu. Com o impacto da explosão, o carro forte da empresa Preserve capotou.

Últimas notícias