Ouro Preto

Tiroteio termina com dois policiais militares baleados em Olinda

Policiais militares realizavam buscas em uma residência tida como ponto de tráfico de drogas, quando foram recebidos com os disparos por dois suspeitos.

JC Online
JC Online
Publicado em 14/06/2017 às 17:06
Foto: Cortesia
Policiais militares realizavam buscas em uma residência tida como ponto de tráfico de drogas, quando foram recebidos com os disparos por dois suspeitos. - FOTO: Foto: Cortesia
Leitura:

Dois policiais militares foram baleados na tarde desta quarta-feira (14) quando estavam a serviço da corporação no bairro de Ouro Preto, em Olinda. De acordo com a assessoria da Polícia Militar, os agentes estavam realizando buscas em uma residência localizada na rua Golfinho, pois existia a suspeita de que a casa funcionava como ponto de tráfico de drogas. No local, os policiais já foram recebidos com tiros disparados por dois homens. Após troca de tiros, os PMs foram socorridos por volta das 14h para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Tabajara. Os suspeitos estão foragidos.

A polícia informou que os dois suspeitos fugiram em um carro preto após terem efetuado os disparos contra os policiais. Eles abordaram um motorista que passava pela localidade e o obrigaram a dirigir para um destino incerto. Depois de terem rendido o condutor com uma arma, os homens deram continuidade à fuga a pé. O veículo já foi encontrado pela polícia. O motorista, apesar do susto, não ficou ferido.

Além dos homens, três mulheres são suspeitas de envolvimento no caso. Elas estavam dentro da residência no momento do crime, foram detidas encaminhadas à Delegacia de Peixinhos. No momento, elas prestam depoimento por suspeita de ligação com os atiradores. Na casa, foram apreendidas pela polícia duas armas de fogo, uma motocicleta e uma tornozeleira eletrônica. Devido à apreensão da tornozeleira, o endereço de um dos suspeitos já foi descoberto. 

O caso será investigado pelo delegado Eronides Menezes, titular da Delegacia de Peixinhos.

Estado de saúde

Os policiais em questão foram identificados como o sargento Ricardo Sales dos Santos e o cabo Isaldo Ferreira da Silva. O primeiro foi transferido em estado grave para o Hospital da Restauração, localizado no Derby, área Central do Recife, e encontra-se no bloco cirúrgico. Enquanto que o cabo foi encaminhado para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista, Região Metropolitana do Recife. De acordo com a assessoria do hospital, ele passou por cirurgia e está em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva. Além destes dois policiais alvejados, havia um terceiro policial na ocorrência, segundo a polícia, no entanto, ele sofreu apenas pequenas escoriações e passa bem.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias