Agreste

Prestador de serviços da Celpe reage a assalto e morre em Caruaru

Após sofrer tentativa de assalto no bairro de São Francisco, em Caruaru, jovem de 25 anos reagiu e foi morto com um tiro na cabeça.

JC Online
JC Online
Publicado em 22/06/2017 às 17:30
Foto: Produção TV Jornal Caruaru
Após sofrer tentativa de assalto no bairro de São Francisco, em Caruaru, jovem de 25 anos reagiu e foi morto com um tiro na cabeça. - FOTO: Foto: Produção TV Jornal Caruaru
Leitura:

Um jovem de 25 anos, identificado como Ricardo Felipe da Silva Cavalcanti, foi assassinado no início da tarde desta quinta-feira (22) na rua Fortaleza, no bairro São Francisco, em Caruaru, Agreste do Estado. De acordo com informações da TV Jornal Caruaru, o rapaz estava prestando serviço para a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) quando reagiu a uma tentativa de assalto e acabou sendo morto por volta do meio-dia com um tiro na cabeça. Ainda não há informações sobre a autoria do crime.

A TV Jornal Caruaru informou que, segundo vizinhos, o jovem estava imprimindo contas e entregando de casa em casa aos moradores do entorno. Ele era leiturista - o encarregado de ler as marcações de consumo de água, gás e luz - na Companhia Eletromecânica de Gerenciamento de Dados (Ceneged), que presta serviços à Celpe. A vítima teria chegado ao local, um dos acessos ao topo do Monte Bom Jesus, em uma moto, no entanto, o veículo não foi roubado. Lá, as pessoas estão assustadas e evitam fazer qualquer tipo de comentário.

O caso vai ser investigado pelo delegado Márcio Cruz, titular da 20º Delegacia de Homicídios de Caruaru. A área do crime foi isolada e aguarda perícia do Instituto de Criminalística (IC) do município.

Em nota, a Celpe lamentou o assassinato do leiturista

"A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) lamenta o assassinato, no município de Caruaru, de Ricardo Felipe da Silva Cavalcanti, colaborador da empresa prestadora de serviço Ceneged. A Celpe espera que os fatos e circunstâncias sejam devidamente apurados."

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias