Acusação

Professor suspeito de assédio é afastado de colégio da PM em Petrolina

As alunas reagiram e relataram o ocorrido aos familiares e à direção do Colégio

JC Online
JC Online
Publicado em 22/06/2017 às 9:45
Foto: reprodução
As alunas reagiram e relataram o ocorrido aos familiares e à direção do Colégio - FOTO: Foto: reprodução
Leitura:

Um professor é suspeito de assediar sexualmente e moralmente duas alunas no Colégio da Polícia Militar em Petrolina, uma delas menor de idade. Elas reagiram e relataram o ocorrido aos familiares e à direção da instituição de ensino.

Segundo o tenente-coronel Marcílio Amorim, diretor do Colégio, as medidas cabíveis foram tomadas. "Encaminhamos expediente à vara da Infância e da Juventude e ao comando do Colégio em Recife, para que fosse aberto um procedimento administrativo contra o professor", contou. O diretor comentou ainda estar surpreso, pois o docente já foi homenageado na instituição.

Processo

Afastado do Colégio, o professor, que nega todas as acusações, deverá também responder processo na Delegacia da Mulher. As estudantes, que seguem comparecendo às aulas, estão sendo acompanhados por psicólogos, assim como suas famílias.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias