VIOLÊNCIA

Policial militar desarmada evita roubo no Recife

A soldado Manuele estava de folga quando presenciou um assalto no bairro do Cordeiro e, mesmo desarmada, reagiu

JC Online
JC Online
Publicado em 06/08/2017 às 11:55
Foto: Divulgação
A soldado Manuele estava de folga quando presenciou um assalto no bairro do Cordeiro e, mesmo desarmada, reagiu - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A violência em Pernambuco faz vítimas todos os dias, a qualquer hora e em qualquer lugar. Mas, para dois jovens, uma tentativa de assalto teve desfecho feliz na tarde desse sábado (5), graças à intervenção de uma policial militar que passava pela Rua Paes Cabral, no Cordeiro, Zona Oeste da capital, no momento da abordagem. A soldado estava de folga e conseguiu evitar o assalto mesmo desarmada.

A tentativa de roubo aconteceu por volta das 17h. A Soldado Manuele, do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO), dirigia pela rua quando viu dois meninos - de 8 e 14 anos- sendo abordados por um suspeito, que ameaçava os menores com uma faca peixeira pedindo o celular do adolescente. Segundo a polícia, o homem chegou a desferir golpes contra os jovens, mas eles não foram atingidos.

Ainda de acordo com as autoridades, a PM jogou o carro para cima do homem e, após derrubá-lo, deixou o veículo para dominá-lo. Nesse momento, um segundo suspeito teria aparecido e agredido a policial, facilitando a fuga do assaltante. Renato Bezerra de Albuquerque Vieira, 23 anos, fugiu, mas foi dominado por populares, que tentaram linchá-lo.

PRISÕES

Renato foi preso por policiais do 13º BPM, e, após atendimento na UPA dos Torrões, na Abdias de Carvalho, foi encaminhado para a Central de Plantões, em Campo Grande, Zona Norte da capital, onde recebeu autuação por roubo. O suspeito teria passagem pela polícia por porte ilegal de armas, Maria da Penha, desacato e desobediência e vai aguardar audiência de custódia.

Lucas Henrique da Silva, 20, que agrediu Manuele, foi preso por policiais da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) e encaminhado à Central de Flagrantes. Ele responderá por favorecimento pessoal.

Últimas notícias