HONRAS MILITARES

Cabo da PM morto durante ocorrência em Itapissuma é sepultado

A cerimônia foi realizada na tarde desta segunda-feira (29) no Cemitério de Santo Amaro

Anderson Nascimento
Anderson Nascimento
Publicado em 29/01/2018 às 18:40
Foto: Mário Oliveira/TV Jornal
A cerimônia foi realizada na tarde desta segunda-feira (29) no Cemitério de Santo Amaro - FOTO: Foto: Mário Oliveira/TV Jornal
Leitura:

Foi enterrado na tarde desta segunda-feira (29) o corpo do cabo do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM) Valmir Valdecir dos Santos, de 41 anos. O sepultamento foi realizado no Cemitério de Santo Amaro, área central do Recife. O militar foi baleado na cabeça por bandidos durante uma ocorrência na noite do último domingo (28) no bairro Cidade da Criança, em Itapissuma, Região Metropolitana do Recife.

O cemitério ficou lotado de parentes e amigos. Policiais militares realizaram o cortejo até o local do sepultamento. Valmir foi sepultado com honras militares e, no final da cerimônia, ele foi homenageado com uma salva de palmas.

Relembre o caso

De acordo com a Polícia Militar (PM), Valmir Valdecir dos Santos, 41 anos, foi informado de uma tentativa de homicídio no bairro da Cidade da Criança, em Itapissuma. O cabo se dirigiu ao local juntamente com mais três policiais em duas viaturas. Ao chegarem no local, os PMs foram recebidos a balas e um dos disparos atingiu a cabeça da vítima. Valmir foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Igarassu e em seguida transferido para o Hospital Miguel Arrais e, logo depois, para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, Região Central do Recife, onde o cabo veio à óbito.

Nota oficial

A Polícia Militar De Pernambuco divulgou uma nota de pesar sobre o caso. Confira a nota na íntegra:

"É com profundo pesar que a Polícia Militar de Pernambuco informa o falecimento do CB PM Valmir Valdeci dos Santos, de 41 anos, lotado no 17° Batalhão, no qual fazia parte do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), na noite de ontem (28). O policial estava em uma ocorrência no município de Itapissuma quando foi surpreendido pelo bandido no momento em que realizava rondas pelo local e foi vítima de um disparo de arma de fogo na região da testa. O PM foi imediatamente socorrido para a UPA de Igarassu e posteriormente transferido para o Hospital Miguel Arraes. De lá a equipe médica chegou a transferi-lo para o Hospital da Restauração mas, após duas paradas cardíacas, o CB Valdeci não resistiu e veio a óbito. O Comandante Geral, coronel Vanildo Maranhão, em nome de toda a Corporação, externa as condolências a todos os amigos e familiares do CB PM Valdeci, há 12 anos na Corporação, tombado no estrito cumprimento do dever legal. O policial deixa esposa e dois filhos."

Suspeito

O suspeito do crime, Klebson Ferreira Lemos, de 32 anos, conhecido como 'Kiko", foi detido por policiais militares em Itapissuma e levado para o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). O suspeito será autuado pelo homicídio do policial militar e por uma tentativa de homicídio cometida na comunidade. O delegado seccional de Paulista Adyr Almeida está responsável sobre o caso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias