VIOLÊNCIA SEXUAL

Pai revela que filho recebia entre R$ 2 e R$ 5 por abusos

A versão teria sido contada pelo próprio filho, no Hospital da Restauração, na manhã desta segunda-feira

Elaine Santana
Elaine Santana
Publicado em 26/02/2018 às 11:49
Foto: JC Imagem
A versão teria sido contada pelo próprio filho, no Hospital da Restauração, na manhã desta segunda-feira - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

O pai do menino de sete anos que foi vítima de uma tentativa de homicídio por resistir a um estupro neste domingo (25), no Centro do Recife, confessou que sabia que o filho era abusado sexualmente. Em entrevista à Rádio Jornal, o homem disse que o filho revelou que recebia entre R$ 2 e R$ 5 para ser violentado pelo vizinho, que já foi localizado e preso.

O pai da criança, um idoso dono de um lava-jato, fez as declarações à imprensa no Hospital da Restauração (HR), na manhã desta segunda-feira (26), onde o menino se recupera do corte que sofreu no pescoço. Segundo ele, esta versão dos fatos foi contada pelo próprio filho. "O rapaz ficava usando ele. Aí ontem, quando ele não quis, o camarada se arretou, pegou ele e cortou o pescoço dele. Ia torar o pescoço. Ele dizia que não era pra dizer nada a ninguém dentro de casa senão matava tudinho", declarou o pai da criança.

Ainda não se sabe há quanto tempo os estupros estavam acontecendo.

Crime

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no bairro dos Coelhos, nas proximidades do Imip. O suspeito, um ex-presidiário de 48 anos, com passagem na polícia por estupro, foi localizado e preso. De acordo com a Polícia Civil, o menino reconheceu o suspeito por meio de fotografias.

O Conselho Tutelar do Recife afirmou que desconhece a frequência dos abusos, mas está acompanhando o caso de perto. O conselheiro Thalles Pitter informou que deve pedir uma medida protetiva para o garoto e seus irmãos. Além do menino de sete anos, a família tem, ao menos, outros três filhos menores de idade. O caso é investigado pelo Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias