PETROLINA

Polícia deflagra operação contra roubo, homicídio e tráfico no Sertão

Na operação, que ocorreu no município de Petrolina, dois homens foram presos e outros dois continuam foragidos

Bianca Sousa
Bianca Sousa
Publicado em 02/03/2018 às 13:04
Foto: Cortesia/Polícia Civil
Na operação, que ocorreu no município de Petrolina, dois homens foram presos e outros dois continuam foragidos - FOTO: Foto: Cortesia/Polícia Civil
Leitura:

Uma operação esquematizada para combater os crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas foi iniciada pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (2), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Na ação, foram presos dois homens, suspeitos de envolvimento com o crime.

Sob a coordenação do delegado Marceone Ferreira, juntamente com outras delegacias de polícia civil do município, foi cumprido mandado de prisão preventiva e busca e apreensão domiciliar contra George Anderson da Silva Rodrigues, de 31 anos. Ele é tido como autor do homicídio ocorrido em 17 de janeiro deste ano, em Petrolina. O rapaz também está sendo investigado por envolvimento em outros dois homicídios, no mesmo município. Na apreensão, os agentes recolheram um veículo, Fiat Uno, usado para praticar o crime no mês de janeiro.

Outro alvo da operação, Alexandre Barbosa Alves, foi preso por suspeita de envolvimento em homicídios na região. Na residência dele foram encontrados 38 munições ponto 380, uma munição calibre 12, coronha de pistola ponto 40 com um carregador de munição. Além da carga, também foi apreendido a quantia de R$ 8.179 em espécie, e um veículo, Ford Ranger.

George Anderson foi encaminhado para o presídio de Petrolina. Já Alexandre Barbosa será enviado para a audiência de custódia. Outros dois alvos da operação continuam foragidos.

A ação que visou combater a prática de homicídio, tráfico de entorpecentes, roubo a bancos e carros fortes, envolveu 40 policiais, entre delegados, agentes e escrivães. Para as diligências, oito viaturas foram empregadas.  

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias