EX-PRESIDIÁRIO

Líder do tráfico de drogas em bairro de Olinda é preso em Igarassu

O suspeito, conhecido como Fabinho, já tinha sido preso por homicídio e tráfico de drogas. Com ele foram apreendidas armas e drogas

JC Online
JC Online
Publicado em 14/03/2018 às 12:53
Foto: Divulgação/Polícia Civil
O suspeito, conhecido como Fabinho, já tinha sido preso por homicídio e tráfico de drogas. Com ele foram apreendidas armas e drogas - FOTO: Foto: Divulgação/Polícia Civil
Leitura:

Um traficante de 26 anos foi preso por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo em Tabatinga, Igarassu, Região Metropolitana do Recife. Fábio Araujo da Silva, conhecido como Fabinho, já tinha sido preso por homicídio, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

O ex-presidiário foi preso na segunda-feira (12). De acordo com a Polícia Civil, ele fazia parte de uma organização criminosa que estaria cometendo homicídios, roubos, extorsões e seria responsável por parte do tráfico de drogas da Cidade Tabajara, em Olinda. Fabinho foi preso em enquanto saia de casa. Com ele não foram encontrados materiais ilícitos, mas dentro da residência os policiais apreenderam duas espingardas calibre 12, uma pistola calibre 7.65, duas munições, além de 23,6g de crack, 2g de pó virado, 41,4g de maconha e R$ 815,00.

O suspeito atuava junto com o irmão, identificado como Ninho, e dois primos, conhecidos como Keu e Gero. O grupo seria responsável por diversos homicídios em Cidade Tabajara este ano.

Segundo o delegado Ricardo Silveira, havia a informação de outra espingarda de posse de Fabinho que não foi encontrada. O homem informou que a arma estaria com um colega e após entrar em contato com ele, a arma foi deixada em um poste em Jardim Fragoso, também em Olinda. O delegado ainda informou que é de conhecimento da polícia que o ex-presidiário portava e fornecia armas, que provavelmente eram usadas para cometer crimes.

A polícia espera que com a prisão do traficante, que era considerado perigoso, o índice de crimes diminuam na região. “Acreditamos que a retirada de circulação de Fabinho vai contribuir realmente para a redução de homicídios na Cidade Tabajara”, comentou o delegado.

A prisão de Fábio Araujo foi convertida em preventiva.

 

Últimas notícias