Tráfico de drogas

Suspeito de assassinar líder comunitário da UR-12 é preso no Recife

De acordo com a Polícia Militar, suspeito é um 'perigoso traficante de drogas da Zona Sul do Recife'

Gabriel Dias
Gabriel Dias
Publicado em 25/03/2018 às 13:42
Foto: Divulgação/PMPE
De acordo com a Polícia Militar, suspeito é um 'perigoso traficante de drogas da Zona Sul do Recife' - FOTO: Foto: Divulgação/PMPE
Leitura:

Um homem de 22 anos suspeito de assassinar um líder comunitário da UR-12, comunidade da Zona Sul do Recife, foi preso na manhã deste domingo (25). De acordo com a Polícia Militar de Pernambuco, o homem é considerado um "perigoso traficante de drogas" da região e, com ele, foram encontrados 268 pedras de crack.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, um efetivo do 19ºBPM chegou até o suspeito com base em informações colhidas pelo serviço de inteligência da corporação. O homem, que não teve a identidade revelada, foi encontrado na Travessa Jardim Primavera, na UR-06. os policiais constataram que já havia um mandado de prisão contra ele pela prática do crime de homicídio.

Segundo as investigação, o homem teria assassinado o líder comunitário da UR-12 conhecido como "Celino" e o filho dele, um rapaz conhecido como Leehaney. O crime aconteceu no Ibura de Baixo, mas a PM não explicou quando os homicídios foram registrados. 

Prisão

Ao ser abordado pela PM, o suspeito tentou fugir pelo telhado de uma casa, mas caiu e acabou ferindo a perna esquerda, sem gravidade. Ele foi capturado e confessou que guardava entorpecentes em um matagal, nas proximidades de uma linha férrea, no Ibura de Baixo.

Apreensão

Além das pedras de crack, os policiais encontraram 74 big bigs de maconha, uma balança de precisão, R$ 54 reais e um caderno com a contabilização de tráfico. Diante da droga apreendida, além do mandado de prisão que já constava contra o suspeito, o homem foi levado para para a Delegacia de Boa Viagem onde foi autuado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias