MATA SUL

Duas mulheres suspeitas de tráfico de drogas são presas em Escada

Um menor de idade, suspeito de fazer parte de quadrilha criminosa, foi apreendido junto com as mulheres; outros membros do grupo fugiram durante tiroteio

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 12/04/2018 às 11:03
Foto: Divulgação/ PMPE
Um menor de idade, suspeito de fazer parte de quadrilha criminosa, foi apreendido junto com as mulheres; outros membros do grupo fugiram durante tiroteio - FOTO: Foto: Divulgação/ PMPE
Leitura:

Duas mulheres foram presas e um menor foi apreendido por suspeita de tráfico de drogas em Escada, na Mata Sul de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar (PM) os envolvidos, presos na noite dessa quarta-feira (11) após troca de tiros no bairro de Riacho do Navio, fazem parte de uma quadrilha liderada por um homem conhecido como Sapão.

Os suspeitos foram detidos em operação da PM com a Polícia Civil após os oficiais receberem a informação de que na região estava havendo um intenso comércio de drogas. Ao chegarem em uma residência, que era ponto de concentração da quadrilha, os criminosos começaram a trocar tiros com os policiais. Os outros membros do grupo conseguiram fugir durante o tiroteio. Além de tráfico de drogas, a quadrilha também é apontada como responsáveis por assaltos e diversos homicídios na cidade.

Apreensões

Dentro da casa que a quadrilha se escondia, foram encontrados uma espingarda calibre 12, uma pistola calibre 380, dois revólveres calibre 38 e quatro motocicletas roubadas, além de 67g de cocaína pura e uma sacola com vários pinos do entorpecente e 150g de pasta base, 1,5kg de maconha prensada e 140 big bigs, 700g de crack e dezenas de pedras da droga. Também foram encontrados três rádios de comunicação, três toucas ninjas e várias munições de diversos calibres.

Os suspeitos detidos foram encaminhados, juntos com os itens apreendidos, para a delegacia de Vitória de Santo Antão, também na Mata Sul, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias