SERTÃO

Homem é preso nove meses após cometer homicídio em Afrânio, no Sertão

Marivaldo da Silva foi preso por homicídio doloso qualificado. A vítima foi atropelada e esfaqueada pelo suspeito

Julia Aguilera
Julia Aguilera
Publicado em 12/04/2018 às 15:42
Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Marivaldo da Silva foi preso por homicídio doloso qualificado. A vítima foi atropelada e esfaqueada pelo suspeito - FOTO: Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Leitura:

Um homem foi preso nesta quinta-feira (12) suspeito de ter assassinado um rapaz de 21 anos, no município de Afrânio, no Sertão do Estado, em agosto de 2017. Marivaldo da Silva estava foragido desde a época do crime.

O suspeito foi preso durante a Operação Tolerância Zero, da Polícia Civil e Malhas da Lei. A vítima, João Pedro Rodrigues, foi morta por atropelamento e em seguida foi esfaqueada. De acordo com a polícia, no dia seguinte ao crime, a autoria já tinha sido descoberta. A motivação teria sido ciúmes.

Marivaldo foi encaminhado à Cadeia Pública de Afrânio.

O crime

O homicídio aconteceu no dia 24 de agosto de 2017, na PE-635, em Afrânio. Segundo a polícia, Marivaldo atropelou a vítima e em seguida saiu do seu carro com uma faca e desferiu dois golpes. A faca ficou no local do crime.

João Pedro mantinha um relacionamento com a ex-companheira do suspeito e isso teria motivado o crime. Apesar da vítima só ter se relacionado com a mulher após o término com Marivaldo, ele não aceitava.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias