FRAUDE

Sefaz apreende 300 toneladas de milho sem nota fiscal em Garanhuns

As cargas, encontradas em oito carretas, foram avaliadas em cerca de R$ 150 mil

Kevin Fonseca
Kevin Fonseca
Publicado em 18/04/2018 às 21:49
Foto: Reprodução/ TV Jornal
As cargas, encontradas em oito carretas, foram avaliadas em cerca de R$ 150 mil - FOTO: Foto: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

A Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE), por meio da Diretoria de Postos e Terminais Fiscais (DPF), apreendeu 300 toneladas de milho distribuídas em oito carretas, em Garanhuns, no Agreste. 

As cargas, avaliadas em cerca de R$ 150 mil, não possuíam nota fiscal e foram apreendidas numa operação realizada na última segunda-feira (16).

"Nosso monitoramento mostrou que havia um fluxo grande de milho entrando em Pernambuco sem nota, oriundo principalmente em Sergipe e Goiás. Essa operação contou com cinco equipes espalhadas pelas fronteiras do Estado, mas podemos dizer que em Garanhuns foi montada quase que exclusivamente para fiscalizar o milho", explicou o gerente de Suporte Operacional aos Postos e Terminais Fiscais da Sefaz-PE, Daniel Moura.

Outras apreensões

Dois atos de apreensão foram lavrados no Agreste por causa de mercadorias encontradas sem nota fiscal. Um caminhão foi flagrado transportando produtos cosméticos e outro veículo continha doce de leite.

A iniciativa das apreensões contou com 11 auditores fiscais da Sefaz-PE e teve o apoio de dez policiais militares.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias