EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTIL

Operação contra a pedofilia cumpre mandados em Pernambuco

Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca em apreensão e 10 de prisão preventiva em Pernambuco e mais seis estados

JC Online
JC Online
Publicado em 26/04/2018 às 8:45
Foto: EBC
Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca em apreensão e 10 de prisão preventiva em Pernambuco e mais seis estados - FOTO: Foto: EBC
Leitura:

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (26), a segunda parte da Operação Underground em Pernambuco e mais seis estados. A ação, que visa combater a pornografia infantil, cumpre 11 mandados de busca e apreensão e mais dez de prisão preventiva.

Após investigações da PF dentro da DEEPWEB (ambiente digital de difícil identificação), foi descoberto um grupo de produtores de material de exploração sexual infantil, com ações de abrangência nacional, que se comunicavam no ambiente cibernético.

De acordo com informações da Polícia Federal, grande partes dos 13 envolvidos deste grupo abusavam sexualmente de crianças e registravam as imagens. Depois, eles se reuniam em salas virtuais dedicadas à pedofilia onde trocavam, disponibilizavam e comercializavam os materiais ilícitos.

As vítimas já foram identificadas e se constatou que, na maioria das vezes, o agressor faz parte do convívio da família.  O crime de publicação de imagens de pornografia infantil prevê pena de três a seis anos de reclusão, já o estupro de vulneráveis prevê de oito a 15 anos de prisão.

Últimas notícias