BELÉM DO SÃO FRANCISCO

Quadrilha especializada em assalto a banco é presa no Sertão

A quadrilha agia em Pernambuco e em outros estados vizinhos, praticando também roubo de cargas, tráfico e homicídios

Bianca Sousa
Bianca Sousa
Publicado em 15/05/2018 às 15:35
Foto: Cortesia/Polícia Militar
A quadrilha agia em Pernambuco e em outros estados vizinhos, praticando também roubo de cargas, tráfico e homicídios - FOTO: Foto: Cortesia/Polícia Militar
Leitura:

Integrantes de uma quadrilha especializada em roubo a bancos foram presos em Belém do São Francisco, no Sertão de Pernambuco. Os dois pernambucanos e dois baianos ainda são investigados por cometerem rouboS de cargas nas BRs, além de tráfico de drogas e homicídios.

A gangue, que também agia em outros estados, foi capturada nessa terça-feira (15), por policiais militares que receberam a denúncia contra os suspeitos, informando que eles estavam planejando um homicídio.

O grupo planejava assassinar um ex-comparsa

Segundo a PM, o serviço de inteligência da corporação confirmou a denúncia, descobrindo que eles iriam assassinar o antigo comparsa, que teria baleado um deles durante uma discussão. A causa da briga teria sido a divisão do dinheiro roubado em um dos assaltos cometidos por eles.

A equipe localizou os suspeitos na casa do pai de um deles, no Alto Novo Horizonte, dando voz de prisão aos homens. Em uma revista feita na casa, foram encontradas três armas do grupo carregadas com munições. Uma delas é um revólver calibre 38, que havia sido tomado de um vigilante durante assalto a uma agência do Banco Bradesco, em Iguaci, no Estado de Alagoas.

As outras duas armas eram uma pistola calibre 7,65 e uma espingarda calibre 12, ambas com numeração alterada, o que impossibilita a identificação da origem.

Os suspeitos e todo material apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Floresta, na mesma região onde ocorreu a prisão. O grupo responderá por associação criminosa e posse ilegal de armas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias