TRABALHO SEM CAPACITAÇÃO

Homem é preso após exercer várias profissões com falsos documentos

O suspeito afirmava ser médico, psicanalista, agente do FBI e ainda pegou uma falsa assinatura um tenente-coronel em Nazaré da Mata

Kevin Fonseca
Kevin Fonseca
Publicado em 22/05/2018 às 20:04
Foto: Cortesia/ Polícia Civil
O suspeito afirmava ser médico, psicanalista, agente do FBI e ainda pegou uma falsa assinatura um tenente-coronel em Nazaré da Mata - FOTO: Foto: Cortesia/ Polícia Civil
Leitura:

Um homem foi preso na tarde desta terça-feira (22) por falsificação de documento e falsidade ideológica de indivíduo em Nazaré da Mata, na Zona da Mata de Pernambuco. O suspeito afirmava ter várias profissões, como médico, agente do FBI, psicanalista, analista de informática e detetive.

Segundo a Polícia Civil, João Antônio Santana da Silva, de 39 anos tinha uma falsa assinatura do tenente-coronel, Evangelista, responsável por comandar o 2° Batalhão da Polícia Militar para exercer uma das profissões. João foi pego em flagrante em um consultório médico, onde era psicanalista ilegalmente.

Os policiais o encontraram após uma denúncia de que o suspeito estava exercendo a profissão de psicanalista sem especialização. Ao ser abordado pelos policiais, foi visto vários documentos falsos com o suspeito, que comprovaram a sua falsa capacidade de trabalhar em diversas profissões.

Suspeito já tinha sido preso em flagrante

O suspeito já havia sido preso em flagrante em 2014 por um exercício ilegal da medicina cometido por ele. João Antônio foi encaminhado para a Delegacia de Nazaré da Mata para uma audiência de custódia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias