Violência

Crimes marcam o fim do feriadão no Cabo de Santo Agostinho

Neste domingo (14), houve um assassinato e uma tentativa de homicídio em duas praias da cidade

JC Online
JC Online
Publicado em 14/10/2018 às 21:02
Foto: Google Street View/Reprodução
Neste domingo (14), houve um assassinato e uma tentativa de homicídio em duas praias da cidade - FOTO: Foto: Google Street View/Reprodução
Leitura:

Dois crimes marcaram o fim do feriadão do Cabo do Santo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Distantes poucos quilômetros, houve um assassinato na Praia da Pedra do Xaréu e uma tentativa de homicídio contra um holandês, na Praia de Gaibu. Na quarta-feira passada (10), houve um outro assassinato, desta vez numa unidade hospitalar do centro da cidade.

O primeiro aconteceu na tarde deste domingo (14), quando a vítima que não identificada levou quatro tiros de armas de fogo na praia do Xaréu. 

Sem confirmação de participantes no crime, a Polícia Militar (PM) indica que há a suspeita de três possíveis envolvidos. De acordo com a PM, a vítima já havia passado pelo Sistema Prisional e desconfia-se que o assassinato tenha sido motivado por disputa de tráfico de drogas no local. 

Tentativa de homicídio em Gaibu

A quilômetros do crime, houve uma tentativa de homicídio na Praia de Gaibu, também no Cabo de Santo Agostinho, na manhã deste domingo (14). 

uma tentativa de homicídio ocorrida no fim da manhã deste domingo (14), na praia de Gaibu, Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife. O crime aconteceu por volta das 11h. Um empresário, de 52 anos, identificado como Regis, foi baleado no braço e socorrido para o Hospital Dom Helder Câmara, também no Cabo.

Depois de passar por uma cirurgia, ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade, com o estado de saúde estável. Segundo informações do hospital, o empresário seria holandês e há a possibilidade dele ter reagido a ação.

Captura de adolescente

No fim da tarde deste domingo (14), a Polícia Civil informou a captura de um adolescentes de 17 anos, suspeito de ter sido o autor dos disparos. Ele foi apreendido por ato infracional análogo à tentativa de homicídio. À polícia, o jovem afirmou que estava perseguindo outro homem, de identidade desconhecida, que teria se escondido dentro de uma pousada na praia. O adolescente relatou que o tiro que atingiu o empresário era destinado a esse homem, que conseguiu escapar. 

No momento da apreensão, o jovem estava portando um revólver calibre 38, que teria sido a arma que disparou no empresário. Ele foi detido por populares, que posteriormente acionaram a Polícia Militar. O caso foi registrado o plantão da Delegacia do Cabo de Santo Agostinho, que vai dar prosseguimento às investigações. 

Crime na quarta

Já na quarta-feira (10), um homem foi morto dentro de uma unidade de saúde na cidade. Douglas Henrique da Silva, 19 anos, foi atingido por vários disparos de arma de fogo enquanto aguardava atendimento no Posto Médico Manoel Gomes, no Centro. De acordo com a Polícia Militar, o crime pode ter sido cometido por rivais de Douglas, que teria envolvimento com a criminalidade.

Cinco tiros


Segundo a Polícia Civil, a vítima havia sido presa na semana passada por posse de arma. Ele chegou a trocar tiros com os policiais e foi atingido na perna. Era esse ferimento que ele estava indo tratar no posto quando foi morto. O assassino de Douglas entrou no local e efetuou cinco disparos de arma de fogo. A vítima morreu na hora.

Últimas notícias