QUEDA

Pernambuco registra menor índice de assassinatos de mulheres em 15 anos

Estado contabilizou 102 casos de mulheres vítimas de homicídio em 2019

JC Online
JC Online
Publicado em 12/07/2019 às 18:15
Notícia
Foto: Reprodução/ Internet
Estado contabilizou 102 casos de mulheres vítimas de homicídio em 2019 - FOTO: Foto: Reprodução/ Internet
Leitura:

De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), Pernambuco registrou queda histórica no índice de assassinatos de vítimas do sexo feminino em 15 anos. No primeiro semestre de 2019, o estado contabilizou 102 casos de mulheres vítimas de homicídio, uma queda de 19,7% em relação aos casos registrados, no mesmo período, no ano passado. Desse total, 27 foram feminicídios, ou seja, homicídios motivados por violência doméstica ou discriminação de gênero.

O secretário da SDS, Antônio de Pádua, comenta os números. “O Estado tem desenvolvido uma política bastante comprometida com a segurança das mulheres. Em 2017, o governador assinou o decreto de feminicídio, obrigada as delegacias a registrarem os crimes. A redução neste primeiro semestre de 2019 é histórica, o menor número já registrado desde o início do Pacto pela Vida”, disse.

Segundo a SDS, o número de feminicídios é 22,9% menor que os 35 casos do mesmo tipo contabilizados entre janeiro e junho de 2018. Embora, o estudo apresente uma baixa no índice desses crimes, o número ainda assusta.

Número de homicídios tem queda

Nos últimos seis meses, também foi apresentada uma redução no número total de homicídios totais no estado. No primeiro semestre foram contabilizados 1.757 assassinatos, enquanto que no mesmo período em 2018, houve 2.284 crimes do mesmo tipo.

Especial #UmaPorUma

A violência contra a mulher é constante e frequentemente acaba em tragédia. Existe uma história para contar por trás de cada feminicídio, em Pernambuco. O especial Uma por uma contou todas. Em 2018, o projeto mapeou onde as mataram, as motivações do crime, acompanharam a investigação e cobraram a punição dos culpados. Um banco de dados virtual, com os perfis de vítimas e agressores, além dos trágicos relatos que extrapolam a fotografia da cena do crime. Confira o especial Uma por Uma aqui.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias