Polícia

Suspeito de assalto é levado amarrado com fita adesiva para Central de Plantões no Recife

Um motorista de aplicativo, com a ajuda da população, imobilizou o suspeito e o levou à Central

JC Online
JC Online
Publicado em 12/12/2019 às 8:37
Foto: JC Imagem/Arquivo
Um motorista de aplicativo, com a ajuda da população, imobilizou o suspeito e o levou à Central - FOTO: Foto: JC Imagem/Arquivo
Leitura:

Atualizada às 12h08

Um homem suspeito de cometer um assalto foi levado amarrado com fita adesiva para a Central de Plantões da Capital, que fica no bairro de Campo Grande, na Zona Norte do Recife. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (12), quando um vendedor de água de 61 anos foi abordado pelo homem, identificado como Naílton Pinheiro de Melo Júnior, de 35 anos, que estava armado, na Rua Hamílton Ribeiro, também em Campo Grande. O suspeito roubou, segundo a polícia, a bicicleta do vendedor. Um motorista de aplicativo, que passava pelo local no momento do assalto, parou para tentar ajudar.

Motorista ligou para a polícia

Neste momento, com a ajuda da população, imobilizou o homem e amarrou os braços e as pernas com fita adesiva. O motorista conta que ligou para a polícia, mas nenhum policial foi ao local. Da segunda vez que telefonou, cerca de 40 minutos depois da primeira ligação, foi informado que não havia viaturas do 13º Batalhão da Polícia Militar (BPM), que atende a área, para enviar. Desta forma, o condutor colocou o suspeito no seu carro e levou para a Central de Plantões, que fica próximo local onde ocorreu o assalto.

De acordo com a reportagem da TV Jornal, que esteve na Central de Plantões na manhã desta quinta, para acompanhar o caso, o pátio do batalhão estava com diversas viaturas do 13º BPM estacionadas. O homem de 63 anos que foi abordado pelo suspeito havia saído de casa, em sua bicicleta, para vender água. A Polícia Civil informou que prendeu Naílton em flagrante, pelo crime de roubo, e o rapaz foi encaminhado para a audiência de custódia.

Últimas notícias