Golpe

Mulher que deu 'boa noite, Cinderela' e roubou R$ 8 mil é conduzida à delegacia no Recife

O caso ocorreu em um motel do Recife. Nesta terça-feira (21), a mulher foi ouvida pela polícia na Delegacia de Jardim São Paulo

Thiago Wagner Thiago Wagner
Thiago Wagner
Thiago Wagner
Publicado em 21/01/2020 às 22:07
Notícia
Reprodução/Google Street View
O caso ocorreu em um motel do Recife. Nesta terça-feira (21), a mulher foi ouvida pela polícia na Delegacia de Jardim São Paulo - FOTO: Reprodução/Google Street View
Leitura:

Atualizada às 23h11

A Polícia Civil ouviu, na noite desta terça-feira (21), a suspeita de dar o golpe do 'boa noite, Cinderela' e roubar cerca de R$ 8 mil de um homem, em um motel do Recife. A mulher, de 26 anos, foi encontrada em casa e conduzida à Delegacia de Jardim São Paulo, na Zona Oeste da cidade, para prestar esclarecimentos. Ela já havia sido detida em setembro de 2019 pela mesma prática.

Segundo as investigações, o homem, que é casado, conheceu a golpista por meio de um aplicativo de relacionamentos. Marcou um encontro em um posto de combustíveis e os dois acabaram em um motel. Foi lá onde ele acabou sendo vítima da armadilha.

“Depois que eles se conheceram, foram para um motel que fica no Barro. O homem contou que foi tomar banho, enquanto a mulher ficou esperando no quarto. Quando ele saiu, ela já estava com uma cerveja aberta e insistiu para ele beber. Eles tiveram relações sexuais e, logo depois, o homem pegou no sono. Quando acordou, mais de seis horas depois, ele estava passando mal e a mulher já havia fugido”, disse o delegado Carlos Couto, da Delegacia de Jardim São Paulo. Leia mais no blog Ronda JC.

Outras denúncias

Pelo menos outros três homens, com idades acima de 60 anos, procuraram a delegacia para informar que foram vítimas do mesmo crime e registrar Boletim de Ocorrência. De acordo com informações repassadas pela polícia à TV Jornal, a mulher confessou como agia, mas já que não tratou-se de um caso de flagrante ou mandado de prisão, ela foi liberada.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias