sertão

Larvicida da dengue pode ter intoxicado alunos em Mirandiba

Apevisa aguarda resultados de exames de sangue dos alunos, da água e dos alimentos servidos

Mariana Araújo
Mariana Araújo
Publicado em 03/03/2013 às 20:20
Leitura:

A Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) receberá até o final desta semana os resultados dos testes realizados em amostras de sangue dos alunos intoxicados na Escola Francisco de Assis, em Mirandiba, no Sertão. Também são aguardados os laudos das análises da água e dos alimentos servidos.

O coordenador da Apevisa, Jaime Brito, trabalha com a hipótese de intoxicação da água do reservatório. “Soubemos que foi colocado larvicida para matar os focos de dengue no tanque”, informou. Brito informou, ainda, que também foram colhidas amostras do larvicida usado na escola para comparar com os exames.

Semana passada, cerca de 30 estudantes passaram mal após consumir a água da escola. No final de semana, não foram registrados novos casos. Os alunos que estavam internados no Hospital Regional de Salgueiro receberam alta. "Estamos monitorando o estado de saúde de todos que passaram mal nas suas residências", informou Auxiliadora Veras, da 7ª Gerência Regional de Saúde, em Salgueiro.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias