Festividades

Festa da Pitomba reuniu cerca de 300 mil pessoas, estima organização

Festejos são organizados pela Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes

JC Online
JC Online
Publicado em 28/04/2019 às 18:00
Notícia
Chico Bezerra/PJG
Com as orientações de isolamento e distanciamento social, este ano a Festa da Pitomba vai ser diferente - FOTO: Chico Bezerra/PJG
Leitura:

A 362ª edição da Festa da Pitomba chega ao fim nesta segunda-feira (29) com procissão e shows gratuitos em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. A partir das 16h, a organização do evento espera receber mais de 100 mil devotos de Nossa Senhora dos Prazeres, padroeira do bairro de Prazeres.

Os fieis devem acompanhar a procissão de encerramento dos festejos no Santuário do Parque Histórico Nacional dos Guararapes. Às 19h30 acontecerá a Bênção do Santíssimo, presidida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido.

Após as celebrações religiosas, a festa será no palco do Polo Artístico, a partir das 20h, com as cantoras Irah Caldeira e Nádia Maia, além de Rogério Som, Petrúcio Amorim e Pecinho. A Festa da Pitomba teve início na última segunda-feira (21) com a procissão da Bandeira e shows gratuitos de diversos artistas. Ao todo, mais de 30 artistas se revezaram nos polos religiosos, artísticos e culturais.

Organização

Os festejos são organizadas pela Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes no Parque Histórico Nacional dos Guararapes, tombado pelo Iphan. O local simbólico, rodeado de pitombeiras, foi palco de batalhas históricas entre portugueses e holandeses. A Festa da Pitomba é considerada uma das mais tradicionais manifestações culturais de Pernambuco. A expectativa é de quem cerca de 300 mil pessoas tenham participado das programações durante os nove dias de atividades.

Últimas notícias