saúde

Hospital da Mulher começa a ser construído nesta quarta-feira

Promessa é do prefeito Geraldo Julio, que assina a ordem de serviço da unidade nesta manhã

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/04/2013 às 8:58
Leitura:

As obras do Hospital da Mulher do Recife têm início nesta quarta-feira (10). A promessa é do prefeito Geraldo Julio, que assinou a ordem de serviço do centro nesta manhã. A solenidade aconteceu no terreno em que a unidade de saúde será instalada no bairro do Curado, em frente à Ceasa, no cruzamento da Avenida Recife com a BR-101, Zona Oeste da cidade.

Antes de se dirigir para o local da solenidade, o prefeito deu entrevista a Geraldo Freire, na Rádio Jornal. Ele comentou os 100 primeiros dias de seu governo e garantiu que as obras do Hospital da Mulher começam nesta quarta-feira. "O contrato já está assinado, os trabalhadores já foram contratados e as máquinas já estão no terreno. As obras estavam previstas para agosto, mas serão iniciadas hoje", afirmou o socialista.

De acordo com Geraldo Julio, já foram investidos R$ 5 dos R$ 58 milhões previstos para a construção do centro. Os recursos foram usados para contratar as 30 máquinas que vão fazer a limpeza do terreno e instalar os canteiros de obras do empreendimento. "Estamos muito felizes com o Hospital da Mulher. Em três meses de governo, conseguimos concluir seu projeto e processo licitatório", completou.

Em visita ao imóvel, em janeiro, o prefeito anunciou que as obras deveriam começar em julho deste ano. Com essa previsão, o centro seria entregue até julho de 2015. Antecipado o início das obras, agora a intenção é inaugurar o Hospital no primeiro semestre de 2015.

O Hospital da Mulher terá 110 leitos, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), centro cirúrgico, mamografia, banco de leite e setor de diagnóstico. O local também vai receber uma unidade de atendimento às mulheres vítimas da violência sexual e a Casa das Mães, que vai abrigar mães cujos bebês não receberem alta após o parto.

http://farm9.staticflickr.com/8538/8636518173_dd7ee5afe6_b.jpg
Projeção do Hospital da Mulher

Com essa estrutura, cerca de 400 partos e 250 cirurgias devem ser realizadas por mês no centro, que vai abrigar a primeira maternidade de alto risco da cidade. Para garantir o funcionamento de todos esses setores, serão contratados 500 profissionais, sendo 120 médicos. O projeto da unidade de saúde se baseia no Hospital da Mulher de Caruaru, que está sendo construído pelo Governo do Estado.

O centro será construído com recursos provenientes de emendas parlamentares, assegurados no fim do ano passado, durante o período de transição da administração municipal. O terreno que vai abrigar o hospital tem 30 mil metros quadrados e pertence à União, mas está sob responsabilidade da Prefeitura por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias