SAÚDE

Imip se torna hospital de referência para atendimento de possíveis casos de coronavírus em Pernambuco

A unidade se une aos Hospitais Universitário Oswaldo Cruz e Correia Picanço para tratar possíveis casos no Estado

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 11/02/2020 às 10:24
Notícia
Foto: Rodrigo Lôbo/Acervo JC Imagem
A unidade se une aos Hospitais Universitário Oswaldo Cruz e Correia Picanço para tratar possíveis casos no Estado - Foto: Rodrigo Lôbo/Acervo JC Imagem
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) anunciou na manhã desta terça-feira (11) que o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) será referência pública, ao lado dos Hospitais Universitário Oswaldo Cruz e Correia Picanço, para fazer o atendimento especializado a possíveis pacientes que estejam entre casos suspeitos de coronavírus em Pernambuco. O Imip será especializado para atender gestantes, puérperas e recém-nascidos.

Até agora, a doença já matou mais de 1.000 pessoas na China continental e uma nas Filipinas. O Brasil investiga três casos suspeitos. Em Pernambuco, não foram registradas suspeitas.

Capacitação preventiva ao coronavírus

Na terça-feira (4), 60 profissionais de saúde do Recife participaram do início do que será uma série de capacitações preventivas ao coronavírus, realizada pela Prefeitura da cidade. No mesmo dia, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco se reuniu com o sindicato dos hospitais para discutir protocolos preventivos ao coronavírus, a fim de reforçar medidas de preparação, orientação e controle para um eventual atendimento de casos suspeitos.

Segundo o secretário de saúde do Recife, Jailson Correia, o treinamento visa deixar os profissionais que estão na ponta do atendimento cientes dos protocolos e procedimentos requeridos para contenção da doença, para que saibam lidar com o vírus em eventual aparição de casos suspeitos no Recife, "e evitar que eles peguem alguma infecção".

Nesse primeiro momento, médicos, enfermeiros e servidores do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) são instruídos sobre formas de trabalhar, uso de máscara, uso dos equipamentos de proteção e como é a definição de um caso suspeito e a necessidade de identificá-los.

A Secretaria de Saúde também informou que está tomando providências para disponibilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras, luvas e outros insumos, além de estar preparando materiais informativos sobre o coronavírus, para distribuição nas unidades de saúde e em locais de interesse público.

Em Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informa que já encaminhou para os municípios e serviços de saúde pernambucanos boletins do Ministério da Saúde com todas as informações necessárias sobre o coronavírus e com orientações para os profissionais de saúde, além de estar atenta para fazer as atualizações que forem necessárias.

Reportagem em atualização

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias