EXAMES

Governo de Pernambuco descarta dois casos suspeitos de coronavírus em Pernambuco

Os casos descartados são de uma mulher de 51 anos e o de um jovem de 24 anos

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 28/02/2020 às 13:08
Investigativa
Foto: Acervo JC Imagem
Os casos descartados são de uma mulher de 51 anos e o de um jovem de 24 anos - FOTO: Foto: Acervo JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 13h37

Dois casos suspeitos de coronavírus em Pernambuco foram descartados pela Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE) nesta sexta-feira (28). Os pacientes estão internados no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), localizado no bairro de Santo Amaro, área central do Recife, e o estado de saúde de ambos é considerado estável.

Os casos descartados são de uma mulher de 51 anos, moradora de Caruaru, no Agreste pernambucano, e o de um jovem de 24 anos, residente na Itália. Além dos dois casos descartados nesta sexta, um outro já havia sido descartado na quinta-feira (27). O caso investigado era de um homem de 41 anos com histórico de viagem à França e Itália. Ele chegou em Pernambuco no dia 12 de fevereiro e o exame feito no paciente atestou positivo para influenza B. O homem estava internado em um hospital particular no Recife. 

Perfil dos pacientes

O jovem de 24 que está internado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc) é residente na Itália e apresentou os sintomas (febre, dor de garganta e dificuldade de respirar) na última terça-feira (25). A SES-PE foi notificada do caso suspeito na quarta-feira (26). O homem chegou ao Estado no dia 14 de fevereiro. Por condições de saúde pré-existente (asma), ele foi para a UTI do hospital.

Já a mulher de 51 anos, moradora de Caruaru, no Agreste pernambucano, desembarcou no Recife na tarde da última terça-feira (25) em voo doméstico proveniente da Itália com conexão em São Paulo. Ela foi atendida ainda no Aeroporto Internacional do Recife/ Guararapes por equipes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para primeiro atendimento. Em seguida, a paciente foi levada em ambulância para o Huoc, na área central do Recife. Segundo a SES-PE, na quarta-feira (26) ela já não apresentava mais febre e nem tosse, e a dor de garganta tinha melhorado consideravelmente.

Casos em investigação

Ainda estão em investigação o caso de três pacientes. Um, é o de um homem de 32 anos, com histórico de viagem à Itália. Ele chegou ao Estado na segunda-feira (24) e apresentou sintomas (febre, dor de garganta e coriza). A SES-PE foi notificada na quinta-feira (27).

O caso de um homem de 37 anos com histórico de viagem à Itália também é investigado. Ele chegou no dia 20 de fevereiro e a SES foi notificada nessa quinta-feira (27). Sintomas relatados: febre, dor de garganta e dificuldade de respirar.

Uma mulher de 34 anos com histórico de viagem à Itália também apresentou sintomas. Foram eles: febre, tosse, dor de garganta e cefaleia.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

*Esta matéria está em atualização

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias