Espetáculo

Ballet da Cidade de Niterói dança 'O Instante do Aquilo' na Caixa Cultural

Temporada segue de 5 a 14 de dezembro, sempre de quinta a sábado

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 05/12/2019 às 12:04
Notícia
Divulgação
Temporada segue de 5 a 14 de dezembro, sempre de quinta a sábado - FOTO: Divulgação
Leitura:

Em Júpiter e Saturno, durante uma tempestade, é possível que caiam do céu diamantes. Nesses planetas, os raios solares convertem o metano em fuligem que cristalizam devido à pressão atmosférica, se transformando na pedra preciosa. A partir desta metáfora, a Companhia de Ballet da Cidade de Niterói (CBCN) desenvolveu o espetáculo O Instante do Aquilo. A obra ganha sessões de quinta a sábado, às 20h, na Caixa Cultural, de 5 de dezembro até o dia 14 deste mês.

O trabalho nasceu do encontro da companhia com o espanhol Chevi Muraday, convidado para coreografar o trabalho que marcaria os 25 anos do grupo celebrados em 2017. Chevi contou que estava impressionado com um artigo que lera sobre os diamantes de Júpiter e Saturno e que considerava uma imagem poderosa para tratar das pressões sociais que os indivíduos sofrem na contemporaneidade.

“Chevi trouxe uma abordagem nova para a companhia. Tínhamos um trabalho muito preocupado com o virtuosismo e o vigor físico. Adicionou ao nosso trabalho a preocupação com a dramaturgia, com o texto falado do começo ao final do espetáculo. É uma linguagem que a companhia se apropriou e não conseguimos mais conceber trabalhos que não tenham esse peso artístico estabelecido a partir de O Instante do Aquilo”, conta o atual diretor da CBCN, Fran Mello.

MATURIDADE

O diretor, que é ex-bailarino da companhia, enfatiza ainda que em cena há uma preocupação com a diversidade dos corpos. Atualmente, 80% da companhia é formada por artistas com mais de 40 anos e essa experiência corporal é amplamente aproveitada em cena.

“O que você vê em cena é a galera mais velha dançando muito vigorosamente. Tenho 43 anos e parei de dançar aos 35. Hoje, isso não precisa acontecer. Temos um bailarino de 57 anos em cena dançando com gente mais nova, sem hierarquias e com o mesmo fôlego”, enfatiza.

Além das apresentações, cujos ingressos custam R$ 30 e R$ 15 (meia), o coletivo oferece a oficina Investigação do Corpo Afetivo, com Thiago Piquet. Inscrições podem ser feitas pelo email contatocbcn@gmail.com.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias