descoberta

Especialistas descobrem 100 desenhos de Caravaggio

Obras foram encontradas em meio à coleção do pintor Simone Peterzano

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 05/07/2012 às 13:57
Leitura:

Cerca de 100 desenhos e pinturas do famoso pintor renascentista Caravaggio, produzidos durante a sua juventude, foi encontrada por especialistas em uma coleção no interior do Castelo Sforza, em Milão (norte), anunciou nesta quinta-feira a agência de notícias Ansa.

Estes desenhos e pinturas, avaliados em 700 milhões, estavam no "Fundo Peterzano", do pintor Simone Peterzano, professor do jovem Caravaggio, segundo a Ansa, que cita os resultados de uma investigação realizada por um grupo de especialistas italianos.

Este valor de 700 milhões foi estimado a partir do preço médio de sete milhões de euros obtido pelos desenhos dos grandes mestres do século XVI nos leilões recentes, explicaram os especialistas Maurizio Bernardelli Curuz e Adriana Conconi Fedrigolli, que lideraram por mais de dois anos os trabalhos de pesquisa.

Os peritos encontraram até mesmo um bilhete escrito por Caravaggio, segundo a mesma fonte que afirma que o documento foi submetido a um estudo grafológico para confirmar a sua autenticidade.

Os cientistas italianos vasculharam por dois anos as igrejas em Milão e nas proximidades de Bergamo (norte), assim como o Fundo Peterzano que possui 1.378 desenhos de Simone Peterzano e de seus alunos, incluindo Michelangelo Merisi, conhecido como Caravaggio (1571 -1610).

Caravaggio foi aluno de Peterzano na adolescência e trabalhou em seu atelier entre 1584 e 1588.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias