FOTOGRAFIA

Livro sobre o fotógrafo Alcir Lacerda é lançado no Museu do Estado

Obra organizada por uma filha dele, Betty Lacerda, reúne muitas obras e informações sobre a vida do pernambucano

Eugênia Bezerra
Eugênia Bezerra
Publicado em 25/10/2012 às 6:00
Alcir Lacerda/Divulgação
FOTO: Alcir Lacerda/Divulgação
Leitura:

Pergunte sobre a história da fotografia em Pernambuco para alguém da área e, certamente, haverá menções a Alcir Lacerda ou à Acê Filmes, que ele fundou com o colega Clodomir Bezerra em 1957. Seu Alcir, como ficou conhecido, é autor de um importante acervo fotográfico, com imagens que mostram fatos históricos e a transformação de paisagens do Estado, por exemplo. Muitas destas imagens em preto e branco, selecionadas entre as cerca de 5 mil deixadas por ele, apresentam cidades e paisagens naturais pernambucanas, sem esquecer de seus habitantes, nas páginas do livro Alcir Lacerda - fotografia (Cepe Editora, R$ 90). A obra será lançada nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no Museu do Estado de Pernambuco.

Em três capítulos, são organizadas as imagens urbanas (do Recife, Olinda e Jaboatão), praias (especialmente de Tamandaré) e do interior de Pernambuco. O livro é organizado por uma filha de Alcir, Betty Lacerda. O pai dela participou da seleção de fotos, mas faleceu pouco antes do lançamento.A obra foi editada pela Cepe em parceria com a Odebrecht e a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), que digitalizou todas as fotografias.

BIOGRAFIA

Alcir Lacerda nasceu no dia 20 de setembro de 1927, em São Lourenço da Mata. Em 1935, mudou-se com a família para o Recife. Começou a fotografar em 1942, com uma câmera Rolleiflex emprestada por uma vizinha (fazia imagens de times que iam jogar no bairro e de festas dos amigos). Durante a longa carreira, ele trabalhou com fotojornalismo, publicidade, fotografia científica, social e também no laboratório fotográfico.

Ronaldo Oliveira/Divulgação
Alcir Lacerda nasceu em 1927, no Engenho Concórdia, em São Lourenço da Mata. - Ronaldo Oliveira/Divulgação
Alcir Lacerda/Divulgação
Diversas imagens do Recife estão no livro, como esta das jangadas no Rio Capibaribe (1964). - Alcir Lacerda/Divulgação
Alcir Lacerda/Divulgação
A obra também mostra muitas imagens aéreas, como esta da Orla de Boa Viagem em 1960 - Alcir Lacerda/Divulgação
Alcir Lacerda/Divulgação
A Faculdade de Direito do Recife e a Praça Adolfo Cirne (1960) - Alcir Lacerda/Divulgação
Alcir Lacerda/Divulgação
As igrejas do centro do Recife - Alcir Lacerda/Divulgação
Alcir Lacerda/Divulgação
A foto desta menina em um engenho (1963) foi premiada na revista Realidade e publicada na Time - Alcir Lacerda/Divulgação
Alcir Lacerda/Divulgação
Uma das imagens feitas por ele na Missa do Vaqueiro, em Serrita (1987). - Alcir Lacerda/Divulgação

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias